Como se desenha o mapa dos recursos naturais da Terra? Onde estão as maiores manchas florestais ou os principais jazigos de petróleo? Qual é a pegada ecológica deixada por cada um de nós, ao longo de uma vida? Através de uma ferramenta tecnológica de Blended Learning, o BPlaneta tem dado estas e muitas outras respostas aos alunos dos 1º e 2º ciclos do ensino básico. A BP Portugal arranca agora com a 2.ª fase do projecto, que dará formação gratuita na área do desenvolvimento sustentável a quinhentos professores dos dois ciclos
POR GABRIELA COSTA

.
.
© DR
.

A BP Portugal vai oferecer formação gratuita na área do desenvolvimento sustentável a quinhentos professores do 1.º e 2.º ciclo do ensino básico de 25 agrupamentos escolares dos concelhos de Lisboa, Oeiras, Matosinhos, Porto e Faro. Esta iniciativa insere-se no projeto de âmbito nacional BPlaneta, Courseware Sere II – “O Ser Humano e os Recursos Naturais”, que promove a educação para a cidadania na área dos recursos energéticos e meio ambiente.

As escolas cujos professores aderirem a esta acção vão também receber gratuitamente a licença de utilização do Courseware Sere que, numa 2.ª fase, será utilizada para promover a Educação para o Desenvolvimento Sustentável junto de crianças dos dois ciclos, com idades compreendidas entre os oito e os 12 anos de idade), em ambiente de sala de aula.

Esta ferramenta tecnológica integra um conjunto de atividades lúdico-pedagógicas sobre a relação entre as ações humanas, o uso dos recursos naturais renováveis (biomassa florestal) e não renováveis (petróleo) e as consequências ambientais, sociais e económicas dessa utilização. Recorrendo a animações, simulações e jogos didáticos, visa “desenvolver nas crianças competências de cidadania” que lhes permitam “ser responsáveis e conscientes na sua relação com o meio ambiente”.

Um dos principais critérios subjacentes à escolha das escolas a contemplar com esta ferramenta “tem sido o seu envolvimento em projectos relacionados com a Educação Ambiental e Educação para o Desenvolvimento Sustentável, explica, em entrevista ao VER, Luís Roberto, Director de Comunicação e Relações Institucionais da BP Portugal.

Identificada uma lacuna ao nível de recursos didácticos informatizados, como surgiu a oportunidade de criar a iniciativa BPlaneta?
A ligação da BP Portugal ao mundo académico é uma realidade que faz parte das políticas de responsabilidade empresarial da empresa há já vários anos e que se materializa em várias iniciativas, que têm como objectivo o estabelecimento de metas compatíveis com o desenvolvimento sustentável. A formação, a educação e o ambiente são áreas prioritárias da nossa actuação.

O envolvimento da empresa neste projecto desenvolvido pelo Departamento de Educação da Universidade de Aveiro (com diversas competências ao nível da Didáctica das Ciências, da Tecnologia Educativa, da Gestão de Projectos, do Design e da Programação), e pela Ludomedia, está, por isso, perfeitamente enquadrado nas prioridades da empresa na área da responsabilidade empresarial.

A conjunção dos dois factores – a proximidade com a Universidade de Aveiro e a preocupação da empresa em promover a disseminação de conhecimento nestas temáticas – levou a que a BP Portugal tivesse decidido, há cerca de quatro anos, apoiar o desenvolvimento do Courseware Sere – “O Ser Humano e os Recursos Naturais”.

O projecto começou a ser desenvolvido após o Departamento de Educação da Universidade de Aveiro ter identificado a existência de uma lacuna ao nível dos recursos didácticos informatizados de qualidade direccionados para o ensino das ciências nos primeiros anos de escolaridade, onde as orientações da Educação para o Desenvolvimento Sustentável fossem condutoras das actividades a realizar.

Para estas entidades, a exploração das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) surge como uma mais-valia para a educação, uma vez que pode facilitar a aprendizagem e conduzir a uma mudança no processo de ensino e de aprendizagem das ciências estimulando o desenvolvimento de diversificadas competências, como a autonomia, a resolução de problemas e a colaboração dos alunos/utilizadores.

“A Educação para o Desenvolvimento Sustentável surge como uma orientação do processo de ensino e aprendizagem transversal e holística, que permite a compreensão das problemáticas actuais, evidenciando as relações entre o local e o global” .
.

Quais são os objectivos primordiais do projecto?
Com o objetivo de contribuir para esta mudança de paradigma na educação portuguesa, a equipa da Universidade de Aveiro envolvida no desenvolvimento no Courseware foi constituída por elementos do Departamento de Educação com diversas competências ao nível da Didáctica das Ciências, da Tecnologia Educativa, da Gestão de Projectos, do Design e da Programação, liderada por Patricia Sá. A esta equipa juntou-se a Ludomedia, através de uma equipa coordenada por António Pedro Costa, que integrou o projecto ao nível do desenvolvimento de software, e a BP Portugal que colaborou na disseminação do recurso, através da oferta de licenças às escolas do 1.º e 2.º ciclo a nível nacional.

Ao apoiar este projecto, que tem por base a formação através de uma metodologia de Blended learning, a BP Portugal aposta no desenvolvimento de produtos inovadores e tecnologicamente avançados que permitem a educação e formação da população, sobretudo das camadas mais jovens, na área do Desenvolvimento Sustentável.

Pelas suas características, o Courseware Sere representa uma mais-valia no panorama educativo nacional, ao incluir guiões de orientação para o professor e registos para os alunos.

Quantas licenças deste software a BP financiou já, no total, a nível nacional, e quais foram os critérios de selecção das escolas a quem forma atribuídas?
Desde que o recurso ficou concluído e pronto a ser utilizado, a BP Portugal já financiou quinhentas licenças correspondentes a um total de quinhentos estabelecimentos de ensino de Norte a Sul do País, com maior incidência no distrito de Aveiro, Porto, Lisboa e região algarvia, por serem regiões com as quais a BP Portugal tem uma relação de proximidade com as comunidades, em virtude da localização das suas operações nestas zonas geográficas.

Uma vez que o recurso se centra nos recursos energéticos e no meio ambiente, outro dos critérios subjacentes à escolha das escolas a contemplar com esta ferramenta educacional tem sido o seu envolvimento em projectos relacionados com a Educação Ambiental e/ou Educação para o Desenvolvimento Sustentável. O critério manteve-se nesta 2.ª fase do projecto, durante a qual a BP Portugal se propõe a oferecer formação gratuita na área do desenvolvimento sustentável a quinhentos professores do 1.º e 2.º ciclo do ensino básico de 25 agrupamentos escolares dos concelhos de Lisboa, Oeiras, Matosinhos, Porto e Faro.

A BP vai proporcionar gratuitamente essa formação, a partir da ferramenta Courseware Sere. Quais são os objectivos desta iniciativa dirigida aos professores?
Esta acção tem como principal objectivo o desenvolvimento de práticas de formação de qualidade promotoras de uma melhor aprendizagem dos alunos em temáticas relacionadas com a Educação para o Desenvolvimento Sustentável, nos 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico, através da exploração de recursos didáticos informatizados. Para o efeito, os cursos ministrados têm a duração de quinze horas, divididas por cinco sessões de três horas cada uma.

Como será ministrada esta formação, ao nível da metodologia aplicada e das temáticas abordadas nas várias sessões?
A metodologia de trabalho deste curso de formação de carácter teórico-prático, em que serão criadas situações de trabalho em pequenos grupos de formandos (2/3 elementos), a que se seguirão debates com todo o grupo, tem como finalidade a partilha de saberes e de experiências. Para tal será usada uma plataforma de aprendizagem online (LMS – Learning Management Systems), disponível em http://sere.ludomedia.pt , com o objetivo de facilitar a comunicação e colaboração entre os formadores, os formandos e os respectivos alunos.

A Educação para o Desenvolvimento Sustentável nos 1º e 2º ciclos do Ensino Básico, as metodologias de integração TIC na Educação para o Desenvolvimento Sustentável, a utilização do Courseware Sere em contexto formal de ensino e aprendizagem e a concepção de actividades para a exploração do Courseware Sere em sala de aula são algumas das temáticas abordadas durante a formação.

.
.
© DR
.

Quais são as funcionalidades desta ferramenta tecnológica, a que públicos-alvo se dirige e que tipo de competências visa desenvolver? Que exemplos pode dar de aprendizagens realizadas pelas crianças e jovens, a partir do Courseware Sere II?
Este recurso didáctico, orientado para o ensino básico, permite trabalhar, num contexto de ensino das ciências, as questões relacionadas com o uso dos recursos naturais, privilegiando uma orientação de Educação para o Desenvolvimento Sustentável.

A exploração da Fase I possibilita aprendizagens relacionadas com a localização das principais jazidas de petróleo, com a produção e consumo desta matéria-prima e com os impactos ambientais, sociais e económicos da sua utilização.

A exploração da Fase II proporciona aprendizagens sobre as características das principais manchas florestais actuais, a identificação dos produtos lenhosos e não lenhosos que se podem consumir, a identificação dos principais problemas actuais das florestas e a identificação de medidas de intervenção.

A partir da exploração destes temas em contexto de sala de aula, os alunos do 1.º e 2.º ciclo são desafiados a fazer pesquisas na internet para pesquisar onde se situam, por exemplo, as jazidas de petróleo no mundo e através desta busca ficam, por exemplo, a conhecer a geografia do planeta. A produção de gráficos e apresentações também são algumas das actividades promovidas durante o trabalho realizado com as crianças, bem como a escrita criativa de histórias ou canções e a gravação de vídeos sob alguns dos temas, como a importância da floresta na vida humana.

O que está previsto, ao nível da formação de formadores nas áreas Ambiente e Recursos Energéticos, para a 2ª fase da parceria estabelecida no âmbito deste projecto?
A formação de formadores, desenvolvida no âmbito da parceria existente entre a Universidade de Aveiro, a Ludomedia e a BP Portugal, não foca apenas a dimensão ambiental das questões
abordadas no Courseware Sere, procurando evidenciar, também, as dimensões social e económica (dimensões essenciais da Educação para o Desenvolvimento Sustentável). Assim, os recursos energéticos são abordados do ponto de vista ambiental (por exemplo, a depleção da área florestal), mas também social (como a perda da cultura dos povos indígenas que habitam as áreas florestais devastadas) e económico (como os lucros associados ao comércio de produtos florestais).

Qual é a importância da formação de professores na área da Educação para o Desenvolvimento Sustentável, em particular nesta conjuntura de crise, que dificulta o investimento dos próprios docentes no reforço das suas competências?
A formação continuada de professores possibilita a actualização didáctica, pedagógica e conceptual destes profissionais. Numa época de mudança constante, de incerteza e imprevisibilidade como esta que vivemos, é impossível manter uma prática de qualidade sem formação constante. Assim, a formação continuada de professores é um elemento chave para a melhoria da qualidade das aprendizagens dos alunos.

A Educação para o Desenvolvimento Sustentável surge como uma orientação do processo de ensino e aprendizagem a privilegiar neste início de século e como uma área transversal e holística, que permite a compreensão das principais problemáticas actuais, evidenciando as relações entre as várias dimensões que as constituem e entre o local e o global.

Uma vez que a literatura evidencia que os professores tendem a ter ideias espartilhadas sobre as problemáticas actuais, reforçadas pela compartimentação dos saberes em disciplinas, a Educação para o Desenvolvimento Sustentável surge como uma área transversal e interdisciplinar fundamental para uma compreensão destas problemáticas, assente na multidimensionalidade e consequente complexidade.

Gabriela Costa

Jornalista