Ao longo de dez anos de experiência de consultoria em fundraising, o que mais nos apercebemos que falta, na maioria das organizações não lucrativas, é assumirem que para terem sucesso numa boa estratégia de fundraising é fundamental terem todos os “ingredientes”. Assim, qual é a receita?
POR MADALENA DA CUNHA

Qual a nova receita para o fundraising? Ao longo dos nossos dez anos de experiência de consultoria em fundraising, o que mais nos apercebemos que falta, na maioria das organizações não lucrativas, é assumirem que para terem sucesso numa boa estratégia de fundraising é fundamental terem todos os “ingredientes”. E, sempre que falta um que seja fundamental, os resultados são muito abaixo do que poderiam ser. Um dos ingredientes fundamental é ter um fundraiser, que se ocupe só deste tema, e outro que todos não gostam é “pedir”. Sabemos que para darmos um donativo é preciso que nos peçam e, por isso, para quem precisa de receber é preciso pedir….E por aí fora.

É nos ingredientes para um fundraising de sucesso que o programa do seminário deste ano foi criado. Os temas mais fundamentais são os ingredientes base do fundraising de hoje: storytelling, estratégia digital, parcerias duradouras com empresas, saber pedir, envolvimento, avaliação de impacto.

Este ano contamos, como keynote speaker, com Simone Joyaux (EUA) conhecida como uma das líderes mais desafiantes, inspiradoras e provocadoras sobre este tema. Com uma experiência de mais de 40 anos a trabalhar com organizações não lucrativas, é especialista no desenvolvimento de processos de angariação de fundos, planeamento estratégico e governance.

Começando com uma sessão sobre a importância do storytelling nas comunicações com os doadores, o evento irá mostrar como a mudança de algumas palavras nas nossas comunicações pode fazer toda a diferença na taxa de resposta de uma campanha de comunicação e fundraising. E, no final do dia, irá mostrar como treinar os membros da direcção de uma organização a pedir cara-a-cara. Este é um tema sobre o qual temos muitas expectativas, pelas dificuldades que temos sentido ao longo dos últimos dez anos, especialmente entre os membros da direcção.

[quote_center]Os ingredientes base do fundraising são storytelling, estratégia digital, parcerias duradouras com empresas, saber pedir, envolvimento e avaliação de impacto[/quote_center]

Trazemos vários casos práticos, com os quais sabemos que todos os participantes vão aprender muito, tanto pelo sucesso que tiveram, como pelos erros e o que nos vão mostrar sobre o que “não fazer”: Teremos o caso da Acreditar (fundraising para a nova casa do Porto), da NSPCC (National Society for the Prevention of Cruelty to Children – UK), as campanhas digitais da Associação Salvador e do Museu Nacional de Arte Antiga e, ainda, as campanhas de telemarketing da ACAPO e da Aministia Portugal.

Acreditando que para fazer crescer os resultados do fundraising em Portugal é necessário desenvolver a filantropia, teremos um painel com Pedro Santa-Clara, da Nova SBE (responsável pela campanha de fundraising do novo Campus), Ana Koeshall, responsável de fundraising de uma Fundação da Sérvia, Sofia Villax (membro do comité de mecenato e conselho de administração do Grupo Hovione) e Simone Joyaux. Acreditamos que esta sessão vai dar outcomes muito importantes que todos os participantes poderão aplicar logo no momento seguinte do seminário.

Por último, teremos uma sessão específica para o trabalho das universidades, escolas e politécnicos, com os Alumni, na perspectiva de desenvolverem o fundraising. Sabendo a importância que o mundo digital tem na comunicação e envolvimento com os Alumni, convidámos Magnus Bartt, da Suécia, que já trabalhou com o Karolinska Institute of Tecnhology, Hanken Business School e Aalton University, entre outros, com soluções de TI para a angariação de fundos e relações com os Alumni. Temos a certeza que a Universidade Católica (Lisboa e Porto), Nova SBE, St Julian’s, Universidade do Algarve, Universidade de Évora e outros participantes já inscritos, vão aprender muito e ter a oportunidade de terem resposta a muitos dos desafios que enfrentam.

Com este programa, garantimos à saída muita inspiração e motivação para quem trabalha com a missão de ajudar o próximo e tornar o nosso mundo melhor.