“Para responder à pergunta quem é o meu próximo?, será preciso percorrer, tanto a via curta dos encontros pessoais, como a via longa das mediações institucionais. Como verdade da intenção e do acto de se fazer próximo está a caridade”. As palavras são do P. José Frazão Correia sj e deram o mote à mais recente conferência da ACEGE, dedicada aos “desafios da encíclica Fratelli Tutti”.

ACEGE