Alguns dos principais executivos do País partilharam esta 6º feira a sua rotina de trabalho com jovens universitários, que se tornaram líderes empresariais por um dia. A iniciativa da Junior Achievement Portugal, que também acolheu este ano, em Lisboa, o European Enterprise Challenge da congénere europeia, aproxima os alunos da realidade do mercado de trabalho, abrindo mentes para o potencial empreendedor e talento de “uma geração digital, que valoriza muito a autonomia com responsabilidade dentro das empresas”, como explica ao VER Erica Nascimento
POR GABRIELA COSTA

A iniciativa Leaders for a Day reuniu no dia 13 de Novembro, em Lisboa, alguns dos maiores líderes empresariais de vários sectores com 16 jovens universitários, Alumni da Junior Achievement Portugal, que tiveram a oportunidade de acompanhar de perto um dia na carreira dos gestores e dirigentes académicos que se associaram ao evento.Num encontro exclusivo, os ex-alunos da JA Portugal passaram o dia ao lado de um executivo, acompanhando a sua rotina, as suas reuniões, discutindo ideias e partilhando conhecimento, como explica ao VER a CEO da organização congénere da organização mundial que promove a educação para o empreendedorismo. Em algumas empresas parceiras, “os alunos passam mesmo por vários departamentos, para terem uma percepção completa do seu funcionamento”, adianta Erica Nascimento.Inspirar os jovens para o seu percurso académico e profissional e desenvolver competências que os ajudem a transitar das universidades para o mundo empresarial são os grandes desafios deste evento, cuja 1ª edição portuguesa, organizada em parceria com a Embaixada dos Estados Unidos, com o apoio da ManpowerGroup Portugal, se enquadra nas celebrações do 10.º aniversário da JA Portugal.

19112015_GeracaoDigital7Aproximar estas duas realidades é o foco do Leaders for a Day, cujo programa, concebido pela Junior Achievement a nível europeu, – e que levou em Outubro três jovens portugueses a participar num evento semelhante em Bruxelas, onde acompanharam líderes da Microsoft, Cambre Associates e The Fry Group – aspira a um conjunto de objectivos: promover a ligação entre a educação e as carreiras de sucesso, introduzir os jovens às necessidades do mercado de trabalho, encorajar os profissionais para partilharem tempo e experiência com os jovens. Mas também, e a um nível já estrutural, “contribuir para a criação de uma responsabilidade partilhada por todos os sectores para o desenvolvimento de uma força de trabalho qualificada, adaptada e que contribua activamente para uma economia dinâmica e competitiva”, como sublinha a responsável.

Robert Sherman, embaixador dos Estados Unidos da América; João Vieira de Almeida, partner da VdA; Rogério Campos Henriques, CIO da Fidelidade; Nuno Gameiro, country manager da ManpowerGroup; Sofia Tenreiro, country manager da Cisco; Pedro Fino, CFO do Grupo Pestana; Pedro Penalva, CEO da AON; Luís Aguiar, country manager do Citi; Diogo Alarcão, presidente da Marsh & McLennan Companies e partner da Mercer; José Correia, general manager da HP Portugal; Daniel Traça, dean da Nova SBE; Margarida Ferreirinha, head of communication and sustainability da REN; Francisco Veloso, dean da Católica Lisbon SBE; Dália Turner, da Direcção de Recursos Humanos da Microsoft; Mariana Canto e Castro, inhouse lawyer da Randstad; e Nuno Lacasta, chairman da Agência Portuguesa do Ambiente foram os líderes que aceitaram o desafio de inspirar os jovens universitários portugueses.

Os líderes também aprendem com os jovens

Robert Sherman, Embaixador dos EUA e Gonçalo Lopes no Leaders for a Day
Robert Sherman, Embaixador dos EUA e Gonçalo Lopes no Leaders for a Day

No Leaders for a Day os líderes empresariais inspiram os jovens para o seu futuro profissional “através da sensibilização para a importância da educação e das oportunidades que existem mesmo antes de entrarem no mercado de trabalho”. Porque, desde já, podem e devem “desenvolver competências para uma carreira de sucesso”.

Segundo Erica Nascimento, os gestores explicaram aos jovens as necessidades do mercado de trabalho, e ao longo do dia de trabalho, na última 6ª feira, partilharam o seu percurso profissional e os desafios que enfrentam no quotidiano da empresa que lideram: “mostraram que são pessoas normais, com desafios, como qualquer outro colaborador da empresa, introduzindo os nossos alunos às necessidades reais das organizações, ao que elas valorizam nas suas pessoas”. Paralelamente, estes responsáveis encorajaram também “o apoio dos profissionais das suas empresas a jovens empreendedores, dando o exemplo” através da partilha do seu tempo e experiência, conclui a CEO da JA Portugal.

[pull_quote_left]O sucesso do European Enterprise Challenge está patente nos negócios sustentáveis em que vários Alumni JA tornaram as suas inovações e ideias[/pull_quote_left]

Os testemunhos dos Alumni participantes são reveladores do resultado deste primeiro Leaders for a Day nacional: Gonçalo Lopes, que acompanhou o Embaixador dos Estados Unidos da América em Portugal, diz que este foi “um líder excelente”, que lhe proporcionou “um dia fantástico”. No balanço final, a iniciativa “ultrapassou claramente” as suas expectativas, considera o jovem. Também Maria Penha, que acompanhou a directora de Comunicação e Sustentabilidade da REN, sublinha, no final desta experiência voluntária: ”passar o dia com uma profissional de sucesso na área que quero exercer foi fantástico! Sinto-me motivada, confiante.”

Margarida Ferreirinha, da REN e Maria Penha no Leaders for a Day
Margarida Ferreirinha, da REN e Maria Penha no Leaders for a Day

Na opinião de Erica Nascimento, os parceiros do evento “reconhecem que é fundamental dotar, desde cedo, os alunos de competências de liderança, trabalho em equipa, comunicação e risco, para que sejam futuros cidadãos activos melhor preparados, mais qualificados e conscientes dos passos a dar para um futuro de sucesso”. E, nesse contexto, esta iniciativa “vem reforçar a ponte entre as universidades e o mercado de trabalho, num dia único para estes jovens”.

Como referido, os executivos que colaboram na iniciativa “estão disponíveis para os introduzir às suas empresas e às especificidades das mesmas”, partilhando conhecimento e boas práticas para desenvolver determinadas competências. “Mas também aprendem”, garante Erica Nascimento: por exemplo, “têm acesso às necessidades de uma geração digital, móvel, que valoriza muito a autonomia com responsabilidade dentro das empresas”.

Projecto Gas2Green, Dinamarca
Projecto Gas2Green, Dinamarca

Ideias de negócios europeus em Lisboa

Assinalando também os dez anos de actuação da JA em Portugal, a edição de 2015 do European Enterprise Challenge (EEC), competição que distingue o projecto empreendedor que merece um lugar no pódio europeu do Start Up Programme da organização internacional, realizou-se em Lisboa.

A Startup Gas2Green, criada por alunos dinamarqueses na área das energias renováveis, foi a grande vencedora, destacando-se entre 23 empresas de 18 países europeus que concorreram ao EEC 2015 entre os dias 1 e 4 de Julho. Para além do primeiro prémio da competição, o projecto venceu ainda o “Hyundai Brilliant Young Entrepreneurs Award”, que reconhece o projecto empreendedor que revela maior potencial de negócio e inovação no seu sector. A equipa vencedora foi escolhida precisamente com base nestes dois critérios.

A Gas2Green oferece uma solução para a libertação de resíduos dos navios para os oceanos, através da reciclagem do material residual, utilizando energia renovável para alimentar uma célula de electrólise e produzir hidrogénio ou biocombustíveis. O Start Up Programme da Junior Achievement ajudou a equipa responsável pela iniciativa “a chegar ao ponto onde estamos hoje. Ganhar este prémio vai-nos dar o impulso para evoluir enquanto negócio e chegar às pessoas que precisamos”, perspectiva Rasmus Andreas Kunø Tarp, da empresa vencedora .

Projecto HotBox, Portugal
Projecto HotBox, Portugal

Segundo Thomas Schmid, chief Operating Officer da Hyundai Motor Europe, através do Brilliant Young Entrepreneur Award “estamos a ajudar a criar as empresas dos líderes de amanhã”, contribuindo para desenvolver “talentos brilhantes” e ajudando-os “a criar um caminho como empresários que conduzam a indústria europeia e a economia, para a prosperidade futura”.

No total, cerca de cem alunos competiram pelo lugar no pódio europeu do Start Up Programme, em Lisboa, depois de se qualificarem para a competição nos seus países. A final europeia do programa da JA distinguiu em Lisboa – este ano a Capital Europeia do Empreendedorismo – as melhores empresas dos 14 mil alunos universitários candidatos, em representação de mais de 300 faculdades.

Nos últimos 12 anos, mais de 115 mil alunos de toda a Europa participaram no Start Up da Junior Achievement, o qual disponibiliza uma formação empreendedora a alunos universitários que, através da organização e operação de uma mini-empresa, “aprendem a estrutura do sistema empresarial e os seus benefícios”, como divulga a organização do evento: “ao transportar as ideias para as acções”, os alunos ganham “conhecimentos cruciais sobre empreendedorismo, criação de empresas ou como lidar com as adversidades”, suportados pelo apoio de professores e voluntários empresariais, especialmente informados sobre as temáticas abordadas.

[pull_quote_left]O Leaders for a Day inspira os jovens para a sua carreira futura, dotando-os de competências de liderança, trabalho em equipa, comunicação e risco[/pull_quote_left]

O programa impulsiona os alunos a avançarem com as suas ideias, a melhorar a sua auto-confiança e visão de negócio, capacitando-os ainda a transformar ideias em negócios. Com o apoio de parceiros e voluntários empresariais, a JA tem “a capacidade de ligar o ecossistema empreendedor com o das universidades, preenchendo as lacunas de competências com que a juventude europeia é confrontada nos dias de hoje”, como sublinha a CEO da Junior Achievement Europe, Caroline Jenner.

O sucesso a longo prazo do projecto é bem visível no trabalho de vários ex-alunos “que continuam a fazer crescer as suas inovações e ideias após a conclusão do programa, tornando-as em negócios sustentáveis”.

Em Portugal, a organização anfitriã do JA Europe Enterprise Challenge reforçou, com o acolhimento do evento europeu, um objectivo pilar da sua actuação, como conclui Erica Nascimento: “aproximar o mundo real das escolas e universidades, abrindo mentes para o potencial empreendedor e talento dos jovens”. Em três dias únicos para a história da JA Portugal, revelou-se “todo o potencial” dos jovens europeus, e toda “a receptividade” por parte do meio empresarial em passar o testemunho àquela que será a próxima classe da inovação nos negócios: a nova geração digital.


19112015_GeracaoDigital6JA EEC 2015

Prémios do JA Europe Enterprise Challenge

1º Classificado: Gas2Green, Dinamarca

2º Classificado: CosyTech, Noruega

3º Classificado: Lotics SB, Noruega

Vencedores dos European Signature Awards

.‘Cisco Technopreneurship Award’: VisionBot, Roménia

.‘Hyundai Brilliant Young Entrepreneurs Award’: Gas2Green, Dinamarca

.‘NN Care & Impact Award’: BT-ASC, Bélgica

.‘Visa Europe Award for Everywhere Commerce’: CosyTech, Noruega

Vencedores dos Local Signature Awards

.‘The ManpowerGroup Best Team Award’: Detour, Reino Unido

.´Cerealis Community Award´: SimpleEngine – HotBox, Portugal

.‘Fidelidade Award‘: SimpleEngine – HotBox, Portugal


Gabriela Costa

Jornalista