“(…) Procurai deixar o mundo um pouco melhor do que o encontrastes (…)”, [Baden-Powell (B.P.), 1941], é uma das maiores aprendizagens que trouxe dos meus 17 anos de passagem pelo CNE (Corpo Nacional de Escutas). Estranho seria se não tentasse viver esta missão até ao fim dos meus dias, quer na minha vida pessoal e familiar, quer na profissional. É por isso que sinto uma ligação forte com a Bel Portugal, empresa que tem como missão ‘disponibilizar produtos mais saudáveis e responsáveis para todos’. Para todos, pelo bem
POR EDGAR SABINO

Recentemente, o Groupe Bel foi distinguido com a medalha de platina Ecovadis. Para esta entidade, que se dedica à classificação do nível de sustentabilidade das empresas, o Groupe Bel figura no top 1% das empresas melhor classificadas em todo o mundo, no sector dos lacticínios. O Ecovadis avalia os compromissos e ações das empresas em quatro áreas distintas: ambiente, trabalho e direitos humanos, ética e compras sustentáveis.

O foco na sustentabilidade na Bel não é de hoje. Desde 2003, ano em que aderimos ao Global Compact das Nações Unidas, que temos vindo a aprofundar a nossa atuação nesta matéria. Hoje, o Ecovadis destaca alguns fatores que contribuíram para a atribuição da medalha de platina: a visão de longo prazo (2025) com objetivos claros e quantificáveis, a nossa abordagem do ‘prado ao prato’ em que colaboramos com diversas partes interessadas (WWF, Compassion in World Farming, produtores de leite e outras empresas na área dos bens de consumo) e a transparência que caracteriza o nosso relatório de sustentabilidade global.

A nível local, a Bel Portugal tem feito também o seu caminho, sabendo que existe ainda muito por fazer, sendo que “Roma e Pavia não se fizeram num dia”. Partilho alguns exemplos de iniciativas decorrentes dos 5 pilares da nossa estratégia de sustentabilidade, atualmente em vigor na empresa. Pilar Agricultura Sustentável: Programa Leite de Vacas Felizes, que em parceria com os produtores aposta na pastagem 365 dias por ano e nos mais rigorosos critérios de qualidade, sustentabilidade e bem-estar animal. Pilar Alimentação Saudável: oferta de produtos naturais à base de fruta ou 100% de origem vegetal, ou mesmo uma maior simplicidade/naturalidade nas receitas de queijo; Pilar Embalagens responsáveis: evolução das embalagens procurando soluções de origem vegetal e promovendo o aumento da taxa de reciclabilidade; Pilar luta contra as alterações climáticas: investimento em energias renováveis e projetos de redução de consumos de energia e água, bem como a adesão ao Programa Lean & Green (GS1 Portugal) para otimização das emissões de CO2 decorrentes das operações logísticas; Pilar Acessibilidade: parceria com a Too Good to Go, evitando desperdício alimentar e garantindo acesso a produtos saudáveis a preços mais acessíveis.

Transversal a todas estas iniciativas existe um fator comum, o compromisso das nossas Pessoas. A Bel Portugal, empresa certificada como Entidade Familiarmente Responsável (efr) continua a implementar uma estratégia de responsabilidade social interna que tem tradução em inúmeras práticas que se focam no equilíbrio, flexibilidade e respeito dos nossos colaboradores. Uma empresa de bem para fazer o bem.

A mensagem de B.P. não acabava como referi acima. Ele dizia ainda assim “(…) , quando vos chegar a vez de morrer, podeis morrer felizes sentindo que ao menos não desperdiçaste o tempo e fizeste todo o possível por praticar o bem. (…)”. É nisso que acredito.

Edgar Sabino

Senior HR & Communications Manager na Bel Portugal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here