Desde o início que Ronaldo insistiu na comunicação e divulgação da marca CR7, com uma clara identificação e atributos, os quais irão seguramente perpetuar-se e extravasar o âmbito do futebol para o mundo global em que nos encontramos. Acima de tudo, a lição principal de CR7 é que o sucesso dá trabalho e constrói-se
POR RODOLFO OLIVEIRA

De Cristiano Ronaldo já muito se falou. Da sua capacidade atlética, da sua dedicação extraordinária à sua actividade profissional, da sua vontade indomável de ultrapassar todos os recordes. A todos os níveis na sua profissão, é uma pessoa de excepção. Mas há uma dimensão adicional no percurso de Ronaldo: numa época em que a tecnologia permite uma visão de enorme detalhe do jogador e da sua presença em campo, Ronaldo tem a clara noção de que também é um actor num palco mediático e que cada atitude, cada festejo, cada expressão facial, cada afirmação podem ser repetidas até à exaustão nas televisões, exaltadas ou denegridas em comentários, e analisadas no seu mais ínfimo detalhe.

E, nessa perspectiva, no recente jogo de Portugal-Suécia, Ronaldo assumiu essa dimensão quando se elevou ao estatuto de líder ao serviço de uma equipa e de um País – o grito de “Eu estou aqui” não era apenas para os seus colegas ou para quem assistia, mas para todo um palco mediático e noticioso que vai muito para além do mero espectáculo do futebol, de exaltação planetária de um jogador e, por arrasto, de todo um País que se reviu naqueles breves minutos em que mostrou aquilo que separa o bom do excepcional. Nesse momento, o jogador foi ultrapassado pelo mito, pela personagem bigger-than-life que está a definir para si. Ronaldo não é apenas um jogador de futebol, mas alguém que, de forma criteriosa e organizada, tem vindo a traçar um percurso desenhado por ele e que apenas ele saberá até onde o poderá levar.

A marca Ronaldo e o famoso CR7 têm, actualmente, um crescente potencial comercial, para além do mero espaço do futebol, e a forma como foi criada e se tem vindo a afirmar é um exemplo que deveria ser analisado numa óptica também de gestão. Também nesse sentido, tem vindo a fazer um percurso que o eleva para além do futebol, e a sua comparação já não é com os seus colegas de profissão que vivem na realidade do relvado, mas com outras estrelas mediáticas globais, sendo expectável que a sua visão, tenacidade e vontade constante de se superar irão levá-lo ainda mais longe quando terminar a sua carreira como jogador. Constitui, assim, um claro exemplo de posicionamento e visão para empresas e marcas nacionais, ao conjugar atributos da maior relevância / importância:

Visão Ao definir claramente a ambição que as move e como pretendem ser percepcionadas no mercado, as empresas podem alinhar, de forma facilmente percepcionada interna e externamente, todas as suas actividades e iniciativas em torno dessa Visão, optimizando esforços e recursos;

Estratégia – A clareza e objectividade da estratégia permite uma fácil ligação identitária aos valores e atributos da empresa e das suas marcas, criando-lhe os espaços comunicacional e de negócio necessários para se afirmar;

Carisma – Uma empresa com uma imagem forte e bem trabalhada, que vive os valores que professa, torna-se naturalmente mais apelativa para potenciais consumidores/utilizadores;

Trabalho Para qualquer projecto ter sucesso, é necessário trabalhar de forma dedicada, coerente e objectiva, com uma finalidade clara que é fornecida pela visão do que a empresa/marca quer ser para o mercado;

Resiliência Não desistir, acreditar no objectivo e manter a rota traçada, aceitando que por vezes esta pode parecer mais difícil, mas que ao manter esse objectivo traçado mostramos, interna e externamente, que sabemos o que queremos;

Transparência Uma empresa ou marca tem de ser clara no que pretende ser mas também, de forma igualmente importante, no que não quer ser;

Antecipação Permanente procura da próxima vantagem competitiva, de como ultrapassar concorrentes, mas também ultrapassando-se a si própria;

Consolidação e extensão da marca / empresa Compreender como capitalizar nos pontos fortes e reconhecimento para alargar o âmbito de actuação da marca / empresa, de forma consistente e que seja coerente com os valores da marca.

Desde o início que Ronaldo insistiu na comunicação e divulgação da marca CR7, com uma clara identificação e atributos e que irão seguramente perpetuar-se e sair do âmbito do futebol para o mundo global em que nos encontramos.

Acima de tudo, a lição principal do sucesso de CR7 é que este dá trabalho e constrói-se.