Os avanços tecnológicos e o bem comum

Rolando Medeiros, presidente da UNIAPAC, escreve sobre a crucial importância de dotar as novas tecnologias de ética e analisa a sua relação com os três pilares do bem comum

Quebra de confiança transtorna saúde financeira das empresas

As empresas precisam de criar uma cultura que construa, mantenha e preserve a confiança, integrando-a no seu ADN

Francisco, os jovens e a “economia alternativa”

Papa Francisco convida jovens empreendedores e economistas para a discussão de uma nova economia

Estado da democracia: cidadãos crescentemente descontentes

A insatisfação com a democracia tem vindo a crescer significativamente em vários países do mundo

Um olhar sobre Portugal e a Europa à luz da doutrina social da Igreja

Conferência Episcopal Portuguesa divulga Carta Pastoral que reflecte sobre os principais desafios com que os portugueses se deparam à luz da DSI

A razão de ser da empresa na era do capitalismo defeituoso (II)

É urgente um novo modelo de empresa para o século XXI, o qual se afaste da preocupação com o lucro e se aproxime da promoção dos propósitos corporativos

A ideia da maximização do lucro está fundamentalmente errada (I)

É crucial reinventar a empresa em torno de três noções: propósito, credibilidade e cultura

A “carta” emotiva de Francisco aos jovens

No seguimento do Sínodo 2018 – “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, o Papa divulgou, a 2 de Abril último, a Exortação Apostólica “Cristo Vive”, particularmente...

À procura da anatomia da esperança

Há quem diga que é a última a morrer, mas também que quem dela vive, morre de fome. Mas o que é a esperança?...

A sociedade dos impacientes

Aquilo que outrora era considerado como uma virtude, transformou-se num mero anacronismo. Esperar por alguma coisa na sociedade da gratificação instantânea aumenta os nossos...

COM O APOIO DE:

Parceiro Gulbenkian

Como manter a sanidade mental dentro de quatro paredes

Em toda a história da humanidade, as pessoas sempre procuraram a estrutura de grupo como forma de interagir com outros seres humanos, ou seja, é antinatural não o fazer