D. José Ornelas: “Se a fome é de todos, também o pão tem de...

0
“Uma sociedade moderna não se pode dar ao luxo de ter grupos de miséria no seu contexto” e tendo em conta a noção do barco onde estamos “ou nos salvamos todos ou o barco vai ao fundo”

Onde está o teu irmão? Reagir à indiferença com um novo sonho de fraternidade

0
Sair de si para encontrar e se encontrar com os outros, os outros apreciados por aquilo que são, é por aqui o caminho de conversão e de reforma de vida, de estilo de vida, não só pessoal, mas também dos grupos e das instituições

Na vida profissional, quem é o nosso “vizinho”?

0
O que Francisco nos convida a fazer é olhar para a justiça a partir da perspetiva da dignidade daqueles que estão à beira da estrada e restaurar essa mesma dignidade com critérios de compaixão

Fratelli Tutti: uma aspiração mundial à fraternidade e à amizade social

0
O Papa retoma o apelo para que, em nome da fraternidade humana, o diálogo seja adoptado como caminho, a cooperação comum como conduta e o conhecimento mútuo como método e norma

“Não vamos ter um novo normal, mas um novo diferente”, diz o presidente do...

0
“O grande desafio é passarmos de vendedores a servidores”

“A globalização abeirou-nos como vizinhança, ainda que não fraternalmente”, afirma o Cardeal Turkson

0
“Uma sociedade que deseja e pretende permanecer ao serviço do ser humano a todos os níveis é uma sociedade que tem o bem comum, o bem de todas as pessoas como o objectivo principal”

Como manter o propósito quando o objectivo principal passou a ser a sobrevivência?

0
Convém não esquecer que, nesta crise, as necessidades dos stakeholders tornam-se ainda mais prementes e que a oportunidade de as empresas deixarem uma marca indelével assente no apoio humano, na empatia e no propósito é maior do que alguma vez foi

Francisco, o Papa que não nos deixa sozinhos

1
“O drama que estamos a atravessar impele-nos a levar a sério o que é sério, a não nos perdermos em coisas de pouco valor; a redescobrir que a vida não serve, se não é para servir. Porque a vida mede-se pelo amor”

Clayton Christensen: como irão avaliar a vossa vida?

0
“Aplico as ferramentas da econometria algumas vezes por ano, mas aplico o conhecimento do meu propósito de vida todos os dias. Foi a coisa mais útil que jamais aprendi”

Laços de gratidão

O acto de se expressar gratidão torna-nos vulneráveis e autênticos, criando uma afinidade humana poderosa entre quem dá e quem recebe

COM O APOIO DE:

Parceiro Gulbenkian

Vacinação global: o bom, o mau e o (muito) feio

0
“Os países de alto rendimento adoptaram uma abordagem semelhante à da ‘lei da selva’ quando se trata de garantir o fornecimento de possíveis vacinas contra o coronavírus”

Privacy Preference Center

Necessary

Este site usa cookies para fornecer uma melhor experiência de navegação.

Cookies essenciais. Podemos usar cookies essenciais para autenticar usuários e impedir o uso fraudulento de contas de utilizadores.