“Estudante para sempre” será a única forma de manter o emprego

Com 1408 respondentes e um painel de cerca de oito mil especialistas de diversas áreas, o extenso relatório The Future of Jobs and Jobs...

O bom e o mau do teletrabalho, quatro meses depois

0
O trabalho remoto poderá conduzir a horários de trabalho mais longos, à “fadiga das reuniões”e à ausência de ligações pessoais como as que acontecem espontaneamente nos corredores das empresas, as quais podem tornar mais forte a união entre a equipas e facilitar a colaboração

Como convencer o chefe a não trabalhar horas a mais

0
Sim, é tempo de férias, mas como o que é bom depressa acaba, este artigo poderá ser útil para o regresso ao trabalho. Novos...

Para quando uma Europa social mais forte?

0
Várias das propostas da Comissão Europeia (incluindo a nível legislativo) para pôr em prática os 20 direitos e princípios consagrados no Pilar Europeu dos...

Trabalhadores sem direitos, democracia ameaçada

Parece mentira, mas é a mais pura realidade: as restrições à liberdade dos trabalhadores têm vindo a aumentar e os seus direitos a diminuir....

Quase uma década depois do início da crise, pouco há para celebrar

0
Foram 45 os países analisados pela OCDE no que respeita à sua “qualidade do trabalho” quase 10 anos depois de a crise económica e...

Nunca é tarde para empreender?

0
A resposta não é imediata. Apesar de existirem condições propícias para que o empreendedorismo sénior possa responder aos diversos desafios das sociedades envelhecidas, bem...

Trabucar para manducar? Não chega…

Para além do óbvio – porque recebemos um salário sem o qual não podemos viver – qual é o “extra” que nos faz, todos...

Remunerações, justiça distributiva e realidade

0
É um tema sempre delicado e que não gera consensos. Se os gestores de topo são as “cabeças pensantes” das organizações e responsáveis por...

Mulheres ganham “um bocadinho” mais de direitos

De acordo com um estudo elaborado pelo Banco Mundial e que analisou 131 economias de acordo com oito grandes indicadores, as mulheres estão a...

Estado da ética nas empresas portuguesas: (ainda) é complicado

0
“Portugal cresce em todos os indicadores – nomeadamente nos mecanismos de SpeakUp, no aconselhamento e na formação – mas continua a posicionar-se abaixo da média dos 13 países inquiridos”

Rede Sociais

4,149FansCurti