Narrativa “trabalho-família” só serve para reforçar o status quo?

“Apesar de os homens parecerem sofrer pelo menos tanto como as mulheres com o conflito trabalho-família, não sofrem custos de carreira tão elevados”

Semana mais curta de trabalho: demagogia ou possibilidade?

O recente debate sobre a possibilidade de uma semana mais curta de trabalho está só a iniciar-se, não existindo ainda receitas comprovadas de que é melhor para a economia e para os trabalhadores

Por que razão trabalhamos tanto?

Se o trabalho constituiu, e durante um longo período, um meio para atingir um fim – ou seja, trabalhávamos para ganhar dinheiro suficiente para prover as nossas necessidades – e a “vida” era o que acontecia fora dele, na actualidade o trabalho é mais um fim e, mais importante, a própria vida

Para estar preparado para o futuro, há que o compreender

Como é que as organizações se podem preparar para um futuro que nenhum de nós consegue definir? De que forma é que o talento precisa de mudar? Como conseguiremos atrair, reter e motivar as pessoas de que precisamos?

Semanas de trabalho mais curtas poderão evitar desastre ecológico

Os europeus terão de reduzir drasticamente o seu horário laboral se quiserem evitar um aquecimento climático desastroso, a não ser que seja levada a cabo uma enorme (e improvável) descarbonização da economia

Burnout: o “fenómeno ocupacional” que assombra empregados e empresas

A OMS passará a incluir o burnout na sua Classificação Internacional de Doenças, mas define-o como “fenómeno ocupacional”

Martin Ford: “a criação de emprego é cada vez menor e a culpa é...

Martin Ford, especialista em IA, acredita que o mundo laboral sofrerá uma disrupção sem precedentes

Quando a sorte arrasa com a meritocracia

Na fórmula do sucesso, em particular no competitivo mundo dos negócios, o trabalho árduo, a dedicação, a perseverança e o talento assumem-se como as...

Mulheres ganham “um bocadinho” mais de direitos

De acordo com um estudo elaborado pelo Banco Mundial e que analisou 131 economias de acordo com oito grandes indicadores, as mulheres estão a...

“Aprender ou morrer” é imperativo nas organizações

À medida que as organizações repensam os seus modelos de negócio – redesenhando o trabalho para potenciar o poder da tecnologia e se ajustarem...

“Nem tudo o que é enfrentado pode ser curado, mas nada...

“O propósito das empresas neste momento, e mais do que nunca, terá de ser o de aliviar o sofrimento e aumentar a satisfação servindo as necessidades de todos os stakeholders, incluindo empregados, clientes, comunidades e o ambiente”

Rede Sociais

4,061FansCurti