Socorro, não conseguimos ser super-pais e super-trabalhadores em simultâneo

0
A vida não está fácil para ninguém, mas dêem graças aqueles que podem continuar a trabalhar sem terem de se preocupar com as aulas à distância dos filhos, com refeições a horas certas para preparar, com miúdos pequenos para entreter, com banhos para dar, histórias para contar e, sobretudo, com o medo de falhar enquanto pais e profissionais

A ética empresarial do ponto de vista dos colaboradores

0
A ética empresarial é fundamental para que a sociedade atinja o desenvolvimento sustentável e é também um aspecto fundamental para o sucesso das empresas...

Pedagogias alternativas humanizam geração do futuro

2
Focadas num modelo humanista que promove o desenvolvimento holístico da criança, as pedagogias alternativas ao sistema de ensino convencional são um foco de esperança...

Competitividade: o copo meio cheio ou meio vazio?

0
Apesar de ter registado uma quebra de dois lugares no Índice de Competitividade Global face ao ano transacto, ocupando agora a 38ª posição em...

“É mais rentável o mundo ir para o inferno”

A citação é de um dos muitos cientistas que continuam a alertar a comunidade empresarial – e também os governos – para a urgência...

Um compromisso pela competitividade

A pontualidade no pagamento a fornecedores contraria o estrangulamento da gestão empresarial e os reconhecidos obstáculos ao crescimento económico – incluindo falências, desemprego e...

“Numa economia competitiva, todo o factor de diferenciação conta”

0
Quando a economia corre atrás da competitividade, “a ideia nasce da necessidade”, defende em entrevista o presidente da APEE, que lançou a primeira edição...

Instituições portuguesas sem valores ou mecanismos assentes no valor do mérito

1
A Fundação Francisco Manuel dos Santos apresentou os resultados de uma larga investigação que avalia os valores e qualidade das instituições nacionais, a partir...

Mais de dois terços das 100 maiores empresas pagam a tempo e horas

0
Um estudo da SystemicSphere para a ACEGE que avalia o Prazo Médio de Pagamento das 100 maiores empresas portuguesas revela que a larga maioria...

Estarão os portugueses felizes?

0
O novo Observatório da Sociedade Portuguesa, da CATÓLICA-LISBON, arranca com um primeiro estudo dedicado ao bem-estar e felicidade da população, o qual revela níveis...

Programa Nacional para a Saúde Mental de olhos postos no futuro

“Pela sua natural imaturidade, crianças e jovens são particularmente vulneráveis a fatores de risco em saúde mental, o que os coloca na necessidade dos cuidados e da proteção por parte dos adultos próximos e das estruturas”

Rede Sociais

4,149FansCurti