Quem é dono da pobreza?

Martin Burt afirma que um dos principais problemas do fracasso de muitos programas anti-pobreza reside no facto de aos pobres não ser permitido participar na sua definição, sendo estes relegados para segundo plano numa narrativa que, afinal, é a das suas próprias vidas

A folha de papel que ajuda a quebrar o ciclo da pobreza

As circunstâncias de se viver em condição de pobreza reduzem, muitas vezes, as competências para a tomada de decisões

O paradoxo do investimento socialmente responsável

Fundos que investem em metas sociais confrontam-se, inevitavelmente, com tensões face ao objectivo de ganhar dinheiro

Ashoka: uma chamada de atenção para problemas que nem todos vemos

Ser agente de uma mudança positiva e “promover o bem-comum para toda a população” é o que a Ashoka, a maior rede de empreendedores...

Intrapreneurs: os sonhadores que executam e que vivem na empresa

Apesar de os resultados não serem ainda animadores, existem já muitas empresas que estão a investir fortemente em novos modelos de negócio que têm...

Em nome da Colaboração

Só as redes colaborativas, capazes de gerar governação integrada, multinível e multissectorial, poderão ter maior eficácia e eficiência na gestão de problemas complexos. Perante...

Inovação social ou a procura constante de lucro com impacto

Foi com foco na procura de soluções efectivas que Portugal acolheu recentemente a conferência europeia “Novas Perspectivas para a Inovação Social”. O lançamento do...

Inovação social ao serviço da erradicação da pobreza

A taxa de pobreza em Portugal diminuiu em 2016, mas ainda assim o fenómeno afecta um em cada quatro portugueses. Na semana em que,...

Para grandes males, inovadores remédios

O mundo evolui mas existem problemas, como o desemprego ou a exclusão social de pessoas ‘diferentes’, que ainda persistem. Para os combater, melhorando a...

Mãos que descobrem

A empresa social alemã ‘discovering hands’ utiliza o sentido táctil aprimorado de mulheres invisuais para detectar, precocemente, o cancro da mama, assumindo-se como detentora...

Francisco, o Papa que não nos deixa sozinhos

“O drama que estamos a atravessar impele-nos a levar a sério o que é sério, a não nos perdermos em coisas de pouco valor; a redescobrir que a vida não serve, se não é para servir. Porque a vida mede-se pelo amor”

Rede Sociais

4,071FansCurti