Estudante rico, estudante pobre

Podem ser inteligentes, esforçados, resilientes e ambiciosos. Mas não podem apagar a herança social e cultural que os impede de se ajustarem adequadamente a...

‘Cola social’ perpetua pobreza

0
As famílias portuguesas em situação de pobreza podem demorar cinco gerações a alcançar rendimentos médios. Num relatório dedicado à falta de mobilidade social, a...

Se quer ganhar o mesmo que os homens, não se arme em mulher

0
Se não estudar, não tiver filhos e não sonhar em ser líder terá muito mais hipóteses de vir a ganhar o mesmo que os...

Classe média nos países emergentes é a grande protagonista da nova geração de riqueza

0
A desigualdade na distribuição de riqueza atinge este ano um número ímpar, com 1% da população mundial a possuir tanto dinheiro quanto os restantes...

Esta educação não é para todos

0
O relatório “Ensinar e aprender: alcançar a qualidade para todos”, publicado com o apoio da UNESCO, mostra os progressos dos países no que diz...

As facturas emocionais na era da insegurança laboral

0
Custou, mas foi necessário interiorizar a ideia de que o “emprego para a vida” deixou de existir e que temos de aprender a viver...

Flores? Não, obrigada

1
Por muito meritórias que sejam as iniciativas, os compromissos, os grupos de trabalho, os estudos e as cimeiras – e bastando olhar para as...

Do telhado de vidro para o primeiro degrau

0
Muito antes de as mulheres se preocuparem em quebrar o vidro que as impede de subir mais alto nas suas ambições, passar do primeiro degrau da escada da gestão assume-se como o primeiro grande obstáculo a ser ultrapassado.

Faltam só 100 anos para se atingir a igualdade de género

0
Felizes são as mulheres que não se sentem discriminadas face aos homens no local de trabalho, na política, na educação e na saúde. Felizes...

2012 no papel

0
Num ano particularmente complexo, não é de estranhar que os livros que figuram no top dos mais vendidos reflictam alguns dos principais paradoxos que,...

“Se esta é a maior crise que já vimos, não tem...

0
“Se no início a questão era a da liquidez, porque não havia transacções durante o confinamento, nesta segunda fase o problema passa a chamar-se solvibilidade, ou “o peso da dívida que vai ser arrastado por empresas perfeitamente saudáveis e que podem até morrer”

Rede Sociais

4,117FansCurti