Mudaram os rostos dos que mudam o mundo – e ainda bem

0
Menos políticos, menor número de líderes empresariais, “quase” metade de mulheres, activistas, jornalistas, ambientalistas, dois astronautas, um cantor lírico. De uma forma geral, este...

“A solução para Angola passa pelo resgate da ética”

0
Tecendo duras críticas à crise financeira e social em Angola, a CEAST defendeu recentemente que a solução do problema “não é apenas económica, mas...

Homem rico, homem pobre

0
Com base num estudo de várias sociedades, tão díspares como a sueca, a norte-americana, a britânica ou a chinesa, Gregory Clark, professor de história...

Sub-representação das mulheres: homens podem ser os melhores aliados

0
Para que exista um impacto genuíno, é importante que as empresas complementem as mudanças nas atitudes individuais com compromissos organizacionais mais alargados que contribuam para a prosperidade da igualdade e da inclusão

United Airlines e os consumidores de 1ª e 2ª classe

0
O episódio infeliz que colocou a companhia aérea United Airlines no radar da opinião pública – e dando origem a movimentos de repulsa, condenação,...

Desigualdade: “it’s the politics, stupid!”?

Foi uma Gulbenkian concorrida que recebeu o vencedor do Nobel das Ciências Económicas em 2001, Joseph Stiglitz, presente em Lisboa para proferir uma conferência...

Estudante rico, estudante pobre

Podem ser inteligentes, esforçados, resilientes e ambiciosos. Mas não podem apagar a herança social e cultural que os impede de se ajustarem adequadamente a...

Mudam-se os tempos, mas não as vontades?

Vivemos numa era em que já não é possível ignorar a questão da paridade entre homens e mulheres na ascensão a cargos de topo...

Cinco milhões contra a ‘America First’ de Trump

No primeiro dia da governação de Donald Trump, uma mera campanha no Facebook transformou-se, pela força dos acontecimentos, num dos maiores protestos mundiais de...

2012 no papel

0
Num ano particularmente complexo, não é de estranhar que os livros que figuram no top dos mais vendidos reflictam alguns dos principais paradoxos que,...

Quando dormir é mesmo o melhor remédio

0
“Todos os estímulos que vamos absorvendo durante o dia precisam de ser arrumados durante a noite, tal como numa biblioteca em que vamos desarrumando livros que (à noite) são arrumados pela bibliotecária”

Rede Sociais

4,151FansCurti