Riscos globais: turbulência é o novo normal

0
De uma forma geral, a economia global está a confrontar-se com um “abrandamento sincronizado”, os cinco últimos anos foram os mais quentes desde que há registos e espera-se que os ciberataques aumentem este ano

2021: ou o mundo abraça o multilateralismo ou o resultado será um desastre

Da cooperação entre os países - ou da falta dela – dependerá, em muito, a próxima década

Cinco milhões contra a ‘America First’ de Trump

No primeiro dia da governação de Donald Trump, uma mera campanha no Facebook transformou-se, pela força dos acontecimentos, num dos maiores protestos mundiais de...

O G-Zero e o mundo em alerta laranja

0
Há cerca de cinco anos que o analista e cientista político Ian Bremmer tem vindo a alertar para um crescente esvaziamento da liderança global,...

“A mobilidade humana vai definir o nosso século”

0
Portugal acolheu esta 3ª feira mais 31 refugiados, num processo lento e manifestamente insuficiente mas que coloca o País na linha da frente do...

Admirável mundo novo?

Depois dos desafios, as grandes questões: o Fórum Económico Mundial falou com vários dos membros pertencentes ao Global Agenda Council sobre (outros) grandes temas...

A ponte é uma miragem para a outra margem

Sem o triplo do investimento para financiar as infra-estruturas hídricas a nível mundial, sem vontade política para gerar ecossistemas sustentáveis que garantam o acesso...

“Precisamos de arbitragem e diplomacia criativa”

Perante os muitos e complexos desafios que o mundo enfrenta – do terrorismo, guerras e crises humanitárias à presidência de Trump ou ao recrudescer...

“É crucial reorganizar a matriz social territorial”

1
A “atomização da sociedade” contemporânea, com a “desagregação das estruturas sociais tradicionais” e a orientação desenfreada para os “resultados imediatos”, colocou a humanidade no...

Dinheiro não compra educação

0
Nem a riqueza nacional de um país nem investimentos avultados em educação garantem as melhores prestações, conclui a OCDE no seu mais recente relatório...

Estado da ética nas empresas portuguesas: (ainda) é complicado

0
“Portugal cresce em todos os indicadores – nomeadamente nos mecanismos de SpeakUp, no aconselhamento e na formação – mas continua a posicionar-se abaixo da média dos 13 países inquiridos”

Rede Sociais

4,149FansCurti