Riscos Globais 2022 e os tempos árduos e imprevisíveis que nos esperam

Apenas 16% dos inquiridos sentem-se optimistas quanto às perspectivas futuras para o mundo - versus 61% que se mostram preocupados - e somente 11% acreditam que a recuperação global irá acelerar

O mundo VUCA está obsoleto. Para o caos, nasceu um novo acrónimo: BANI

“Os métodos que temos desenvolvido ao longo dos anos para reconhecer e responder às perturbações comuns parecem cada vez mais dolorosamente inadequados quando o mundo parece estar a desmoronar-se. E é difícil ver o quadro geral quando tudo insiste em colorir fora das linhas”

A erosão da coesão social, quando mais precisamos dela

A crescente fragmentação da sociedade terá consequências graves numa era de riscos económicos, ambientais, geopolíticos e tecnológicos agravados

2021: ou o mundo abraça o multilateralismo ou o resultado será um desastre

Da cooperação entre os países - ou da falta dela – dependerá, em muito, a próxima década

Pandemia ameaça seriamente o cumprimento de todos os ODS

AS estimativas preliminares sobre os impactos reais ou prováveis da crise global do coronavirus em cada um dos 17 ODS alertam para uma potencial falha total da Agenda 2030, com consequências para já inimagináveis, mas certamente demolidoras para o futuro da humanidade e do planeta

Vacina Covid-19: para quando e para quem?

Para encorajar uma cooperação rápida e justa, a Organização Mundial de Saúde lançou o que descreve como uma "colaboração global inovadora para acelerar o desenvolvimento, produção e acesso equitativo aos testes, tratamentos e vacinas Covid-19"

Riscos globais: turbulência é o novo normal

0
De uma forma geral, a economia global está a confrontar-se com um “abrandamento sincronizado”, os cinco últimos anos foram os mais quentes desde que há registos e espera-se que os ciberataques aumentem este ano

Os poucos super-ricos para os muitos super-pobres

0
Os governos têm de dar passos no sentido de reduzirem radicalmente o fosso existente entre os ricos e o resto da sociedade, dando prioridade ao bem-estar de todos os cidadãos em detrimento do crescimento insustentável e do lucro, para evitar um mundo que serve apenas para uns poucos privilegiados e que remete largos milhões para a pobreza

Bancos continuam a financiar caminho para o inferno

0
Bancos continuam a investir milhares de milhões de dólares no sector dos combustíveis fósseis

Riscos globais num mundo sonâmbulo

0
Enfraquecimento das respostas colectivas para fazer face aos problemas globais. Esta é a mais preocupante conclusão do Relatório de Riscos Globais para 2019, divulgado...

Estado da ética nas empresas portuguesas: (ainda) é complicado

0
“Portugal cresce em todos os indicadores – nomeadamente nos mecanismos de SpeakUp, no aconselhamento e na formação – mas continua a posicionar-se abaixo da média dos 13 países inquiridos”

Rede Sociais

4,149FansCurti