“Hoje a alma é o segredo do negócio”

0
Se no passado o segredo era a alma do negócio, “hoje é a alma que é o segredo do negócio”. E a alma numa...

“Devemos questionarmo-nos continuamente”

0
A quarta geração da família Mello mantém valores transmitidos de geração em geração na gestão das empresas do Grupo José de Mello, os quais...

Trabalho e futuro: uma sociedade sem rede social

1
Perante a nova configuração do trabalho que a 4ª Revolução Industrial está a impor, importa atentar na “gestão do risco próprio” pela qual os...

“O empresário de valores usa critérios éticos”

0
O que é fundamental para integrar realmente a ética nas organizações? Para Raúl Galamba, “a primeira responsabilidade é dos líderes”, que devem “comunicar claramente...

“Precisamos de um upgrade que reintroduza limites morais no mercado”

0
O impacto social da crise “veio questionar profundamente o modelo da sociedade ocidental”, e foi aí que nasceu “o terreno fértil para extremismos de...

“Começam a surgir perspectivas sobre o capitalismo moral”

0
O debate sobre os limites morais da economia de mercado “é essencial, não para nos fecharmos à sua lógica, mas para, ponderando e discernindo,...

“Gostava de ver líderes políticos a defenderem a ideia de liberdade”

0
Para José Manuel Fernandes, encontrar líderes capazes de “dizerem às pessoas que querem mandar menos, e que querem que elas mandem mais” é um...

Continuar uma história com dois mil anos de garantia

0
No almoço-debate que assinalou a abertura do ano de trabalho da ACEGE, o Cardeal Patriarca de Lisboa discorreu sobre a actualidade da tradição da...

“Isto não é informação, é filme; é a provocação de sentimentos”

0
A afirmação é de Henrique Monteiro, orador convidado do mais recente almoço-debate promovido pela ACEGE. Dando como exemplo a forma como tem sido abordada,...

“O Papa deixou-nos a tarefa de meditarmos sobre Fátima aos seus olhos”

0
No mais recente debate da ACEGE, João César das Neves analisou “o essencial” da mensagem que o Papa deixou em Fátima, e explanou sobre...

Os 50 anos da Doutrina de Friedman e o propósito em...

0
Apesar das críticas ao ensaio de Friedman, há uma verdade inconveniente que continua a persistir para todos os que procuram uma versão mais “suave” do capitalismo: a de que se uma empresa não está a obter lucros para os accionistas, é muito difícil cuidar dos seus outros constituintes

Rede Sociais

4,155FansCurti