Preservar a memória viva da identidade europeia

0
Uma cultura de paz europeia “só poderá ser duradoura se à dimensão económica soubermos aliar a expressão cultural e cívica”. Em 2018 o Velho...

Cultura vence primeiro Orçamento Participativo

0
Num exercício prévio à ida às urnas no próximo dia 1 de Outubro, para exercerem o seu direito de voto nas eleições autárquicas, os...

“Não tenho inimigos, não conheço o ódio”

Assim proferiu Liu Xiaobo, durante o seu julgamento por “incitamento à subversão do poder do Estado”, em 2009. Para as autoridades da China, o...

Uma montra do melhor do País profundo no Intendente

1
…E TEM DENTE! Para trincar, em pleno Largo do Intendente, diversos petiscos nacionais, confeccionados com ingredientes tradicionais de seis regiões do interior do País....

“O medo está instalado”

0
Em menos de 15 minutos, a curta “A Instalação do Medo” transpõe para a tela toda a tensão do universo distópico da narrativa de...

Porque a humanidade está mesmo “a ficar sem tempo”

0
Não, as alterações climáticas não são um problema do futuro nem uma invenção de cientistas doidos. São uma questão actual, transversal a toda a...

Ver, fazer e pensar através do cinema

0
A próxima edição do CinEd, projecto europeu dedicado à educação pelo cinema, vai ser lançada entre 5 e 8 de Outubro, na Cinemateca Francesa, em...

“A minha arte é o meu activismo”

0
A citação que dá o título a este artigo foi proferida por Gilbert Cates, um realizador e produtor norte-americano, mas ilustra na perfeição os...

“Vamos como-morar o que aí vem”

0
O Gerador, plataforma de acção e comunicação que descodifica a cultura portuguesa como aquela que habita em todas as geografias e domínios, das metrópoles...

A arte de unir pessoas e transformar os pensamentos em acção

0
Decorrida no passado dia 20, a cerimónia da entrega de prémios Crystal Awards marcou a abertura do Fórum Económico Mundial, em Davos, reconhecendo Yao...

Os 50 anos da Doutrina de Friedman e o propósito em...

0
Apesar das críticas ao ensaio de Friedman, há uma verdade inconveniente que continua a persistir para todos os que procuram uma versão mais “suave” do capitalismo: a de que se uma empresa não está a obter lucros para os accionistas, é muito difícil cuidar dos seus outros constituintes

Rede Sociais

4,155FansCurti