Laudato Si: uma resposta para o nosso tempo

0
Para além da necessidade de acudir às graves questões sanitárias e aos problemas económicos imediatos que a pandemia tem vindo a causar, surgem diversas vozes que se interrogam sobre que mundo queremos que saia desta crise, ou seja, para que “normalidade” pretendemos regressar ou avançar

Quando o suporte colapsa

0
“Muitas organizações sociais não têm reservas financeiras que permitam aguentar o impacto de um evento catastrófico. Isso quer dizer que meses de financiamento reduzido atirarão para o desemprego muitas pessoas e ditarão o fim de algumas organizações”

Estamos preparados para partilhar?

0
“Estamos presos neste planeta. Uns estão em boas casas, o trabalho continua e o salário também. Outros nem por isso. Mas uma coisa é certa: isto só vai acabar bem se todos estivermos bem!”

Coronavírus e Corporate Governance

0
“A evolução do surto pandémico, que tão agudas preocupações causa às empresas e à economia em geral, suscita desafios importantes em termos de corporate governance”

Será mesmo necessário um Ethics Office?

1
A existência generalizada de organizações éticas talvez seja (ainda) uma utopia. Mas cabe a cada um de nós, gestores, trabalhadores, políticos, investigadores, educadores ou cidadãos em geral, reconhecer a sua importância e fazer com que haja um crescente número de organizações (mais) éticas

WhistleBlowing ou SpeakUp?

0
“Ninguém se tem que sentir ‘herói’ para reportar. Reportar terá que ser encarado como um comportamento natural, desejável e até como uma forma de demonstrar respeito por todos os que fazem parte da organização”

Os desafios da 4ª Revolução Industrial na Empregabilidade e no apoio às Pessoas Vulneráveis

“Enquanto a eficiência humana, social e organizacional tende a melhorar com a quarta revolução industrial, a liberdade humana necessita ser mantida, com especial atenção sobre as novas questões éticas que se levantam”

Um olhar sobre Portugal e a Europa à luz da doutrina social da Igreja

Conferência Episcopal Portuguesa divulga Carta Pastoral que reflecte sobre os principais desafios com que os portugueses se deparam à luz da DSI

Do capitalismo errante ao capitalismo consciente e ético

0
Capitalismo ético e consciente é possível

Premiação e punição do desempenho ético

Mais do que concordar ou discordar com a premiação e a penalização do comportamento ético, é importante partilhar práticas e explorar modelos que possam...

Rede Sociais

4,118FansCurti