“É essencial manter a pressão para diminuir os prazos de pagamento e torná-los previsíveis”

0
O Programa AconteSer – Liderar com Responsabilidade concluiu a sua 3ª fase de execução com o reconhecimento do contributo dado na construção de uma...

“Que as minhas palavras não sirvam só para enunciar os meus cansaços”

0
Esta é uma frase de José Tolentino Mendonça e caracteriza bem a geração millennial e a sua vontade de lutar por uma sociedade melhor....

1507 empresas renovam compromisso de pagar a horas

“A renovação simbólica deste compromisso faz-nos acreditar que da transformação decorrente deste ‘contrato’ é possível alterar a cultura do atraso sistemático nos pagamentos tão enraizada entre os líderes portugueses”

“O pior efeito do atraso nos pagamentos é a incerteza na máquina económica”

0
A Câmara Municipal de Lisboa foi a mais recente autarquia a aderir ao Compromisso Pagamento Pontual, que reúne já a participação de cerca de...

Um congresso com história

A história dos 60 anos da ACEGE pode confundir-se com as temáticas que tem vindo a abordar e a trabalhar junto das empresas e...

Uma cultura de pagamentos atempados

Pioneiro, no sentido em que quantifica as perdas para a economia decorrentes da cultura enraizada de pagar tarde e a más horas, o estudo...

WeChangers: uma startup com a missão de aumentar o impacto social no mundo

Na WeChangers é possível pesquisar e aceder aos perfis de mais de 15,000 projetos sociais a nível mundial, mapeados geograficamente e com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

Novo Banco: maioria prefere venda a nacionalização

0
A esmagadora maioria (85%) dos empresários e gestores inquiridos no Barómetro de Fevereiro da ACEGE prefere a venda do Novo Banco à nacionalização. Quanto...

Reinventar a governação com rigor e transparência

A Câmara Municipal do Porto aderiu ao Compromisso Pagamento Pontual, reafirmando o rigor e transparência com que se distingue hoje ao nível de eficiência...

Manuel Clemente: “a esperança é performativa”

0
Colher os dados, reflectir sobre os mesmos e avançar com toda a cautela, porque estamos diante de uma ameaça completamente nova, é o caminho que a Igreja pretende seguir, pois “estamos cá para resolver o problema e não para o agravar”

Estado da ética nas empresas portuguesas: (ainda) é complicado

0
“Portugal cresce em todos os indicadores – nomeadamente nos mecanismos de SpeakUp, no aconselhamento e na formação – mas continua a posicionar-se abaixo da média dos 13 países inquiridos”

Rede Sociais

4,149FansCurti