Resoluções de início de ano: por que é tão difícil mantê-las?

As pessoas encaram geralmente as suas resoluções de ano novo como objectivos de curto prazo a serem atingidos e é por isso que, ao não as alcançarem rapidamente, acabam por se sentir desmotivadas e, na maioria das vezes, desistem.

Os males do mundo que continuam a assombrar 2020

O número de refugiados tem vindo a crescer há sete anos consecutivos, atingindo um novo valor máximo de 25,9 milhões no início de 2019. Cerca de metade dos refugiados são crianças e jovens com menos de 18 anos, muitos deles atravessando as fronteiras sozinhos ou separados das suas famílias.

Laços de gratidão

O acto de se expressar gratidão torna-nos vulneráveis e autênticos, criando uma afinidade humana poderosa entre quem dá e quem recebe

Nas listas dos mais vendidos em 2019

Entre as variadíssimas listas que elegem os “melhores livros do ano”, o VER escolheu cinco obras sobre temáticas tão diversas como a era digital, a gestão, o futuro das novas gerações, a generosidade e a economia

Liderança: humildade e soberba

Um líder humilde tem noção apurada das suas próprias forças e fraquezas, reconhece as qualidades e os contributos dos outros, e está disposto a aprender. A humildade não deve ser confundida com fraca autoestima nem com a tendência para se deixar humilhar

“Donos da ética” nas empresas tecnológicas vivem em tensão permanente

O desafio principal para estes donos da ética reside no facto de terem de se posicionar numa batalha em que, por um lado, é necessário terem atenção às pressões externas para responderem às crises éticas e, por outro e em simultâneo, terem de responder à lógica interna das suas empresas e indústria

Geração mais nova de licenciados quer estudar ética

É possível afirmar que este interesse crescente na ética é, certamente, um reconhecimento da realidade em que vivemos

Os desafios da 4ª Revolução Industrial na Empregabilidade e no apoio às Pessoas Vulneráveis

“Enquanto a eficiência humana, social e organizacional tende a melhorar com a quarta revolução industrial, a liberdade humana necessita ser mantida, com especial atenção sobre as novas questões éticas que se levantam”

Os ciclos políticos de governação e os pagamentos pontuais

Ao nível do Estado verifica-se que a significativa redução dos prazos de pagamento implementada no ciclo político que terminou no 4º trimestre de 2015 se manteve durante a legislatura que agora terminou

Desafio ao novo Governo e aos Líderes empresariais

Portugal continua a ser um país com uma realidade de prazos e práticas de pagamento muito negativas quer ao nível do Estado quer ao nível das empresas

Luis Cabral: “A justiça social vai muito para além da criação...

“O Estado Social do Século XX — em Portugal e em muitos outros países — encontra-se em situação de ruptura. Tudo isto aponta para a necessidade urgente de um novo modelo de solidariedade”

Rede Sociais

4,059FansCurti