Da(s) Responsabilidade(s) na Implementação dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável

“Quando nos perguntamos de quem é a responsabilidade de implementação da Agenda 2030, a resposta não é simples”

Tempo(s) de Humanização

Num tempo em que tanto se fala de desumanização, se queremos contribuir verdadeiramente para humanizar os nossos hospitais, empresas, organizações ou quaisquer tipos de...

Natal: A lógica de Dar … e Receber

“A lógica de oferecer presentes no Natal não é puramente financeira e sobretudo não é de consumo. Pelo contrário, trata-se de uma lógica de doação, de generosidade ante quem o outro é, mais além do que outro necessita”

Negócio, Ética e Decisão

Quanto mais poder de decisão, maior a responsabilidade de vigilância constante face a critérios éticos na decisão

Os desafios da 4ª Revolução Industrial na Empregabilidade e no apoio às Pessoas Vulneráveis

“Enquanto a eficiência humana, social e organizacional tende a melhorar com a quarta revolução industrial, a liberdade humana necessita ser mantida, com especial atenção sobre as novas questões éticas que se levantam”

Só há um caminho

“Educação, sustentabilidade e compromisso social são os eixos que importam desenvolver. O desafio é alinhar empresas e comunidades, oferecendo um sentido global às opções de cada um”

Duas maneiras de se ser socialmente responsável

“Observo muita responsabilidade social da empresa do segundo tipo, a “exigida” e, parece-me, menos do primeiro, a virtuosa”

Tratemos bem as pessoas e tornemos as empresas bonitas

Quando ficamos sem empatia e desligados do mundo e da realidade, ficamos como que autómatos ou robots, sem autocrítica ética e humanista sobre as nossas decisões

Chamem-me pelo meu nome

Tem-se falado muito do trabalho do futuro, tem-se falado muito de inteligência artificial, mas há uma discussão ética que não tem surgido com a força que merecia e que é: que trabalho queremos ter no futuro?

GIRO 2.0: o novo paradigma do Voluntariado Corporativo

Ao alinhar este novo formato do GIRO com a Agenda 2030, o GRACE almeja impulsionar os seus Associados para a realização de ações de Voluntariado Corporativo que configurem uma nítida contribuição para o desenvolvimento sustentável

Luis Cabral: “A justiça social vai muito para além da criação...

“O Estado Social do Século XX — em Portugal e em muitos outros países — encontra-se em situação de ruptura. Tudo isto aponta para a necessidade urgente de um novo modelo de solidariedade”

Rede Sociais

4,059FansCurti

Privacy Preference Center

Necessary

Este site usa cookies para fornecer uma melhor experiência de navegação.

Cookies essenciais. Podemos usar cookies essenciais para autenticar usuários e impedir o uso fraudulento de contas de utilizadores.