Crise: o que estão as empresas efr a fazer pelos seus...

“Dar esperança” aos colaboradores é o sentimento que prevalece como prioritário nos planos de muitas empresas

Liderar em tempos de crise

“O fracasso pode sempre emergir. Mas a probabilidade de o mesmo ocorrer é menor se, com tenacidade, as possibilidades (ainda que modestas) de sucesso forem aproveitadas”

É nos tempos difíceis que se distinguem os verdadeiros líderes

A transparência é a “tarefa número 1” para os líderes em tempo de crise e significa ser-se claro relativamente ao que se sabe, ao que não se sabe e ao que se está a fazer para se saber mais

Construir a esperança na crise

A crise pede-nos rigor, competência, energia, exigência. Mas também paciência, generosidade e confiança. É isso que nos é pedido, é isso que teremos de procurar dar

Covid-19: qual o plano de contingência da sua empresa?

Cada empresa, e independentemente da sua dimensão, deverá ter o seu próprio plano de contingência e adoptar medidas de natureza variada que permitam não só proteger os trabalhadores, como assegurar os seus serviços e zelar para que não hajam situações que possam causar ansiedade e, consequentemente, o pânico.

Morreu Jack Welch, o “maior gestor do século XX”

Durante os seus cinco primeiros anos enquanto CEO, a força de trabalho da GE passou de 411 mil trabalhadores para 299 mil, num esforço sem misericórdia para eliminar qualquer parte da empresa que não fosse ao encontro das normas que pessoalmente instituiu como “criadoras de valor”.

Reputação empresarial: com o que se devem preocupar os líderes?

São cada vez mais os desafios encontrados pelas empresas enquanto navegam nesta economia da reputação, na qual as forças que estão para além do lucro interessam mais do que nunca

Marc Benioff: o CEO activista

Ao entrar no ringue do activismo, Benioff e outros líderes empresariais acabam por se encontrar num cruzamento entre a ética activista conflituosa e os valores corporativos

O lobo bom e o lobo mau

Aquilo que “alimentarmos”, que sustentarmos com o nosso tempo, energia e acção, irá florescer. Podemos alimentar e manter uma atitude de raiva, arrogância ou inferioridade ou podemos optar por alimentar uma atitude de paz, empatia ou compaixão

Liderança: humildade e soberba

Um líder humilde tem noção apurada das suas próprias forças e fraquezas, reconhece as qualidades e os contributos dos outros, e está disposto a aprender. A humildade não deve ser confundida com fraca autoestima nem com a tendência para se deixar humilhar

PARCEIROS

parceiros ver

Rede Sociais

4,072FansCurti

Francisco, o Papa que não nos deixa sozinhos

“O drama que estamos a atravessar impele-nos a levar a sério o que é sério, a não nos perdermos em coisas de pouco valor; a redescobrir que a vida não serve, se não é para servir. Porque a vida mede-se pelo amor”

Privacy Preference Center

Necessary

Este site usa cookies para fornecer uma melhor experiência de navegação.

Cookies essenciais. Podemos usar cookies essenciais para autenticar usuários e impedir o uso fraudulento de contas de utilizadores.