Os líderes anónimos do ranking da Fortune

0
Pessoas que estão a “navegar o desafio” de uma liderança mais participativa. Este foi o principal critério utilizado pela revista Fortune para eleger aqueles...

Os restauradores da confiança perdida

0
Foram cinco anos difíceis, a lutar para manterem a cabeça à tona de água e a não se aventurarem em mares turbulentos e desconhecidos....

Porter ressuscitado vence ranking de pensadores

0
De dois em dois anos é publicado o Thinkers50, que distingue os melhores pensadores de gestão do mundo. Depois de 10 anos afastado do...

Formar talento em AI e apostar em empregabilidade

0
Mais de um terço das empresas portuguesas vai utilizar Inteligência Artificial em menos de um ano. Machine Learning e Chat Bots são as soluções de Inteligência...

Páginas do mundo

0
O ano que está prestes a terminar ficará na memória de muitos, e por motivos diversos, como um período difícil. Novos e eternos problemas...

Ajudar a construir a força de trabalho do futuro

0
Em todo o mundo, 200 milhões de pessoas não têm emprego e quase 60% dos CEOs afirmam que a escassez de competências laborais está...

O paradoxo da estupidez na economia do conhecimento

3
Conhecimento, aprendizagem, talento, pensamento crítico, inovação, criatividade: todas estas palavras são mais do que comuns na literatura obrigatória das escolas de negócios, nos relatórios...

Corrupção: o vírus mutante

0
“Nunca se deve subestimar os recursos das pessoas corruptas”, alerta Ronald Berenbeim que, em conjunto com Jonas Heartle, esteve na AESE para apresentar um...

“Os mais surpreendentes modelos de negócio são aqueles em que o...

0
A divisão histórica entre negócios “sociais” e “não sociais” ou entre “propósito” versus “lucros” é crescentemente artificial e antiquada. E unificar esta falsa escolha...

Coronavírus e Corporate Governance

0
“A evolução do surto pandémico, que tão agudas preocupações causa às empresas e à economia em geral, suscita desafios importantes em termos de corporate governance”

PARCEIROS

parceiros ver

Rede Sociais

4,152FansCurti

“Fadiga pandémica” está a contagiar europeus

0
Estima-se que, pelo menos na Europa, cerca de metade da população esteja a padecer de "cansaço pandémico", o que se traduz igualmente na procura de menos informação sobre o vírus, menor preocupação com os riscos e menos disponibilidade para atentar aos comportamentos recomendados