As emoções não podem ser diferidas. Nem no local de trabalho

É um paradoxo que fica claro no mundo das empresas: espera-se que as pessoas sejam racionais, quando falamos dos “internos” e que sejam emocionais, quando se trata de clientes ou de consumidores que é preciso conquistar

Os 10 maiores escândalos empresariais dos últimos 20 anos

0
Empresas tão distintas como a Enron, o Lehman Brothers, a BP ou a Kobe Steel ficarão na história como casos clássicos de falta de ética e com repercussões negativas para os seus líderes, equipas de gestão e empregados.

Onde está o teu irmão? Reagir à indiferença com um novo sonho de fraternidade

0
Sair de si para encontrar e se encontrar com os outros, os outros apreciados por aquilo que são, é por aqui o caminho de conversão e de reforma de vida, de estilo de vida, não só pessoal, mas também dos grupos e das instituições

Liderança: humildade e soberba

0
Um líder humilde tem noção apurada das suas próprias forças e fraquezas, reconhece as qualidades e os contributos dos outros, e está disposto a aprender. A humildade não deve ser confundida com fraca autoestima nem com a tendência para se deixar humilhar

Decisões éticas em tempos de crise

0
“A eficácia moral é a convicção na nossa capacidade de agir eticamente e de induzir os outros a fazê-lo em face da adversidade”

Negócio, Ética e Decisão

Quanto mais poder de decisão, maior a responsabilidade de vigilância constante face a critérios éticos na decisão

Ética e Decisão em tempos de elevada incerteza

Os tempos de alta incerteza não somente afetam a envolvente de negócios e a economia em geral, como permeiam a vida quotidiana em geral

Assumir o mais belo risco

0
Como é que se pode falar de ética nas empresas quando se espera que as pessoas cumpram simplesmente regras e se demitam de fazer escolhas e da sua responsabilidade individual?

Dia 2: Conjugar, de diversas formas, o verbo “cuidar”

“Não queremos voltar ao tempo antes da pandemia; temos de parar para pensar e construir um mundo melhor do que aquele em que vivemos”

“A Estratégia Nacional de Combate à Corrupção poderia e deveria ir muito mais longe”

1
“Há que apostar forte numa cultura de integridade e transparência, quer no sector público, quer no sector privado”