Mostre-me o seu passaporte de imunidade, se fizer favor

0
“Estes certificados são realmente apelativos – a não ser que sejamos uma das muitas pessoas que terá de abrir mão do mundo sem ter qualquer tipo de culpa, e isso é discriminação: algumas pessoas poderão trabalhar, ter lazer e viajar. Outras não”

O poder, o medo e o silêncio

0
Quando andam de mãos dadas, os três elementos acima citados abrem caminho fértil para situações de abuso de natureza variada. E é isso que...

Polarização crescente na sociedade agrava riscos globais

0
Há mais de uma década que o Fórum Económico Mundial publica um relatório sobre os principais riscos globais que afectam o mundo em que...

Ética no tempo actual: que desafios?

0
Comprova-se que o modelo económico e social da economia do Bem Comum (assente no respeito e dignidade das pessoas, na solidariedade e na subsidiariedade, na defesa da casa-comum) é o mais virtuoso e o que, a prazo, conduz a resultados mais plenos e que perduram no tempo

“Todos os nossos valores saíram reforçados desta crise”, diz Salvador de Mello

0
Afirmando que, em momentos de crise, a tomada de decisão tem de ser rápida e ágil, o CEO da José de Mello Saúde assegurou que, em todas as decisões tomadas, “as pessoas foram sempre a sua principal prioridade”, de que é exemplo também a manutenção do apoio às comunidades onde estão inseridos

Liderança: humildade e soberba

0
Um líder humilde tem noção apurada das suas próprias forças e fraquezas, reconhece as qualidades e os contributos dos outros, e está disposto a aprender. A humildade não deve ser confundida com fraca autoestima nem com a tendência para se deixar humilhar

Os millennials vão mudar o mundo. WhY not?

0
Regra geral, o início do ano é marcado por novas resoluções, com o objectivo de viver, da melhor forma possível, os próximos 12 meses....

2017 é o ano de todas as incertezas

0
Fragilizada pelas várias crises que a têm vindo a atingir, a Europa não está, de acordo com vários analistas, suficientemente preparada para aguentar novos...

Esquece a Morte e Segue-me

0
Francisco interpela-nos a avançar sobre todos os dogmas: a propriedade privada para sempre, a posse, a abertura de fronteiras, o primado da economia e da gestão no ensino, a falta de ética e de moral, a falta de fraternidade e solidariedade com os outros que nos leva a dar, e quando muito, pão, sem cuidar da dignidade e da autoestima daqueles com quem nos relacionamos

Saúde vai gerar milhões de novos empregos

0
Globalmente, existe hoje uma força de trabalho “numerosa e invisível” constituída por mais de 50 milhões de trabalhadores informais, não remunerados, que cobre “a...