Ética pós-Covid: obrigatório repensar

0
A confiança e a responsabilidade individual adquirem novas dimensões. Temos de confiar mais, há mais situações de decisão necessariamente autónomas, e a capacidade de cada um pensar e analisar cada caso adquire uma nova importância, até de um ponto de vista da gestão do risco para a empresa

Ética em tempo de crise

0
Alguns gestores e empresários, sobretudo de empresas de média e pequena dimensão, têm trabalhado sobre grande pressão desde o começo desta crise. Deveríamos admirar mais e valorizar mais estas pessoas

“Todos os nossos valores saíram reforçados desta crise”, diz Salvador de...

0
Afirmando que, em momentos de crise, a tomada de decisão tem de ser rápida e ágil, o CEO da José de Mello Saúde assegurou que, em todas as decisões tomadas, “as pessoas foram sempre a sua principal prioridade”, de que é exemplo também a manutenção do apoio às comunidades onde estão inseridos

As empresas responsáveis do Day After

0
A paragem parcial ou total das empresas, imposta pelo estado de emergência e de calamidade, levanta-nos uma questão. Estarão ou não as empresas preparadas para o Day After?

Ética e Decisão em tempos de elevada incerteza

0
Os tempos de alta incerteza não somente afetam a envolvente de negócios e a economia em geral, como permeiam a vida quotidiana em geral

Assumir o mais belo risco

0
Como é que se pode falar de ética nas empresas quando se espera que as pessoas cumpram simplesmente regras e se demitam de fazer escolhas e da sua responsabilidade individual?

As lições da pandemia e a eutanásia

0
É certamente a redescoberta do valor de toda e qualquer vida humana a mais preciosa lição que podemos colher desta pandemia.

Desafios Éticos em tempo de Pandemia

Como o tempo da pandemia foi (e continua a ser) vivido?

Mostre-me o seu passaporte de imunidade, se fizer favor

0
“Estes certificados são realmente apelativos – a não ser que sejamos uma das muitas pessoas que terá de abrir mão do mundo sem ter qualquer tipo de culpa, e isso é discriminação: algumas pessoas poderão trabalhar, ter lazer e viajar. Outras não”

Pós-pandemia e considerações para uma gestão orientada para o dia seguinte

“O mundo é muito pequeno e o destino da humanidade é unitário e holístico. Assim e desta forma, parece não existir salvação se decidirmos isolarmo-nos e ignoramo-nos uns aos outros”