“É em 2015 que o mundo muda”

Se os países ricos “têm uma responsabilidade histórica, as economias emergentes têm uma responsabilidade presente e futura”. É com esta convicção que se pode...

A crise como oportunidade para a sustentabilidade

0
A crise económica e financeira só poderá ser vencida por novas políticas públicas nacionais e internacionais que assegurem o combate à maior de todas...

“O mundo está a caminho de uma crise ambiental muito grave”

0
O alerta é dado pelo ex-secretário de Estado do Ambiente que, sem ser catastrófico, mas realista, apela à resolução de três grandes desafios: a...

“Portugal ainda não tem um roteiro para uma economia verde”

0
Quem o afirma é o vice-presidente da Quercus, sublinhando que este se deveria discutir e avançar, mesmo em tempos de crise. Francisco Ferreira elege...

“Acredito muito pouco na eficiência do determinismo legislativo”

0
É o que diz o presidente da ENDESA que, com a visão empresarial que tão bem o caracteriza, acrescenta ainda que sem estímulos económicos,...

Os 50 anos da Doutrina de Friedman e o propósito em...

0
Apesar das críticas ao ensaio de Friedman, há uma verdade inconveniente que continua a persistir para todos os que procuram uma versão mais “suave” do capitalismo: a de que se uma empresa não está a obter lucros para os accionistas, é muito difícil cuidar dos seus outros constituintes

Rede Sociais

4,155FansCurti