Fim das moratórias: cuidados a ter ao renegociar o crédito à...

“No próximo ano, milhares de famílias que ainda não tenham recuperado totalmente os seus rendimentos continuarão sem mecanismos de proteção que permitam evitar a perda dos seus imóveis”

Atrasos nos pagamentos, pandemia e os novos riscos

“Os setores mais expostos aos impactos da pandemia são os que estão a aumentar mais significativamente os dias de atraso nos pagamentos aos seus fornecedores”

Gestores e empresários olham para o futuro com pessimismo

0
Com o país a viver momentos catastróficos, não é de admirar que um clima de derrotismo generalizado se instale em toda a sociedade. E...

Só 3% das grandes empresas pagam a horas

0
Pagar a horas podia ser uma espécie de bazuca europeia de efeitos constantes na liquidez das empresas portuguesas. Mas o Estado continua a reter...

Os ciclos políticos de governação e os pagamentos pontuais

0
Ao nível do Estado verifica-se que a significativa redução dos prazos de pagamento implementada no ciclo político que terminou no 4º trimestre de 2015 se manteve durante a legislatura que agora terminou

Os orçamentos servem os partidos ou servem o país?

0
“Todos os orçamentos refletem escolhas ideológicas dos governos. As escolhas têm implicações no futuro do país e dos cidadãos”

Quando o Estado não dá o exemplo

0
Diminuir os prazos de pagamento e os pa­gamentos em atraso por parte do setor público pode promover a ati­vidade económica sem conse­quências orçamentais e deve ser visto como um objetivo prioritá­rio

COM O APOIO DE:

Parceiro Credit Suisse