Uma produtividade ou várias produtividades?

0
A produtividade portuguesa continua na 3ª divisão e porque é que isso nos deve preocupar

O trabalho, vontade férrea e direito precioso

0
Chicago passou do tamanho de Mértola para o de Lisboa em apenas três gerações e vale a pena ler esta frase novamente.

Regresso ao trabalho presencial a tempo inteiro está a dar maus...

0
“Confiar nas equipas concedendo-lhes flexibilidade para trabalharem onde e quando melhor lhes aprouver conduzirá a melhores resultados operacionais e a empregados mas felizes”

A paz sem vencedor e sem vencidos

0
A guerra na Ucrânia mantém-se. A paz, por tantos desejada, demora a concretizar-se. Entretanto, ninguém sabe o que irá acontecer. De novo, a imprevisibilidade...

Should they stay or should they go?

0
Na nova renegociação laboral, parecem ser os trabalhadores que estão a segurar na caneta. Mas até quando?

“Tirar comida aos esfomeados para dar aos famintos”

0
Serão mais de 263 milhões de pessoas empurradas para a pobreza extrema ao longo do ano de 2022, o que resulta num total de 860 milhões de pessoas a viver abaixo do seu limiar, com cerca de 1,7 de euros por dia

Bem-estar financeiro na Europa novamente assombrado pela invasão russa da Ucrânia

0
«Os aumentos contínuos e significativos dos preços estão já a afectar famílias e empresas no que respeita ao cumprimento das suas obrigações financeiras.»

Qatar: com quantas vidas perdidas se constrói um Mundial de Futebol?

0
“O Qatar tem feito um trabalho exemplar no que diz respeito a mudanças em questões de direitos humanos”, diz o presidente da FIFA

O OCASO DOS SONHOS

O servidor público deve ser o arauto desta realidade indissociável da pretensão do alcance duma verdadeira paz social.

COM O APOIO DE:

Parceiro Credit Suisse