Os desafios do PRR na transição digital

0
“Um relatório recente da UE identificou que cerca de 44 % dos europeus na faixa etária do 16 aos 74 anos (ou seja 169 milhões de cidadãos!) não têm competências digitais. Ao mesmo tempo, o referido relatório refere que, num futuro próximo, nove em cada dez empregos na Europa vão exigir literacia digital, o que torna evidente o imenso déficit que detemos nesta área”

1507 empresas renovam compromisso de pagar a horas

“A renovação simbólica deste compromisso faz-nos acreditar que da transformação decorrente deste ‘contrato’ é possível alterar a cultura do atraso sistemático nos pagamentos tão enraizada entre os líderes portugueses”

Atrasos nos pagamentos, pandemia e os novos riscos

“Os setores mais expostos aos impactos da pandemia são os que estão a aumentar mais significativamente os dias de atraso nos pagamentos aos seus fornecedores”

Só 3% das grandes empresas pagam a horas

0
Pagar a horas podia ser uma espécie de bazuca europeia de efeitos constantes na liquidez das empresas portuguesas. Mas o Estado continua a reter...

Uma economia onde apenas 16% das organizações pagam a horas está “gravemente doente”

“Como podemos motivar um líder a pagar no prazo acordado?”

Estado volta a atrasar pagamentos a fornecedores

Dívidas regressam a valores de Janeiro 2020

Crise pandémica reforça urgência de pagamento a horas

É essencial, especialmente em situações de crise, reafirmar que pagar a horas é um instrumento central para ajudar a manter a liquidez das empresas e, desta forma, garantir a sua sobrevivência

Crise pandémica reforça urgência de pagamento a horas

Se, em tempos de “normalidade”, o compromisso de pagar atempadamente aos fornecedores constituía, para além de uma obrigação, um imperativo ético, na presente crise sanitária e económica este dever poderá ditar a sobrevivência ou a extinção de muitas empresas.

Informação inovadora para tempos de crise

Em Portugal, os atrasos nos pagamentos não são um problema de agora, mas as suas consequências podem revelar-se especialmente graves perante uma situação em que um número muito significativo de empresas está a sofrer um impacto que põe em causa a sua operação e, no limite, a sua sobrevivência

Risco de pagamento em tempos de Covid-19 e resiliência financeira

0
Sendo ainda prematuro apresentar uma análise conclusiva dos impactos provocados pela pandemia nos prazos de pagamento das empresas nacionais, a Informa DB publicou um estudo, em Setembro último, cujos dados indiciam já um agravamento nesta matéria.

Rede Sociais

4,149FansCurti