Como convencer o chefe a não trabalhar horas a mais

0
Sim, é tempo de férias, mas como o que é bom depressa acaba, este artigo poderá ser útil para o regresso ao trabalho. Novos...

Performance: do Homo Sapiens ao Homo Exercens

É uma espécie de democratização das competências humanas que propõe um novo livro que tem estado, continuamente, a bater recordes de vendas. Se os...

Se temos “tudo”, por que não conseguimos ser felizes?

Pode ser considerada a pergunta de um milhão de dólares, tal como os milhões de dólares podem ser considerados como uma forma de se...

Google: o lugar mais invejado do mundo para se trabalhar

0
Pela 7º vez em 10 anos, e pelo 5º ano consecutivo, a Google ocupa o pódio das 100 melhores empresas para se trabalhar, no...

“O futuro dos negócios está na flexibilidade”

0
“Num mundo imprevisível, precisamos de diversidade”. E essa diversidade passa por promover o mérito e capacitar economicamente as mulheres através do trabalho, defendeu no...

Competir ou colaborar? Para nosso bem, ambos

0
É a velha questão: serão mais bem-sucedidos os que competem ferozmente e que lutam incessantemente para serem melhores do que os outros ou, pelo...

“Investir na cultura humana organizacional é desenvolver o seu carácter emocional”

0
Num ‘guia de emoções’ que leva o leitor a viajar pelos quatro cantos do mundo, para que construa então o seu próprio kit SOS...

Melhorar a performance através da ‘psicologia da atenção’ e da inteligência emocional

0
A Porto Business School lançou um novo Programa de Formação para Executivos na área da Liderança e Desenvolvimento Pessoal, cuja matriz aposta na “harmonização...

Se quer ganhar o mesmo que os homens, não se arme em mulher

0
Se não estudar, não tiver filhos e não sonhar em ser líder terá muito mais hipóteses de vir a ganhar o mesmo que os...

Trabucar para manducar? Não chega…

Para além do óbvio – porque recebemos um salário sem o qual não podemos viver – qual é o “extra” que nos faz, todos...

“Humanocracia” pretende revolucionar o mundo da gestão

0
“Numa burocracia, são as pessoas que são os instrumentos, são elas os ‘recursos’ que são empregues pela organização para criar produtos e serviços. Numa humanocracia, a relação é invertida: é a organização que é o instrumento”

Rede Sociais

4,151FansCurti