Ao longo de dez anos de experiência de consultoria em fundraising, o que mais nos apercebemos que falta, na maioria das organizações não lucrativas, é assumirem que para terem sucesso numa boa estratégia de fundraising é fundamental terem todos os “ingredientes”. Assim, qual é a receita?
POR MADALENA DA CUNHA

Qual a nova receita para o fundraising? Ao longo dos nossos dez anos de experiência de consultoria em fundraising, o que mais nos apercebemos que falta, na maioria das organizações não lucrativas, é assumirem que para terem sucesso numa boa estratégia de fundraising é fundamental terem todos os “ingredientes”. E, sempre que falta um que seja fundamental, os resultados são muito abaixo do que poderiam ser. Um dos ingredientes fundamental é ter um fundraiser, que se ocupe só deste tema, e outro que todos não gostam é “pedir”. Sabemos que para darmos um donativo é preciso que nos peçam e, por isso, para quem precisa de receber é preciso pedir….E por aí fora.

É nos ingredientes para um fundraising de sucesso que o programa do seminário deste ano foi criado. Os temas mais fundamentais são os ingredientes base do fundraising de hoje: storytelling, estratégia digital, parcerias duradouras com empresas, saber pedir, envolvimento, avaliação de impacto.

Este ano contamos, como keynote speaker, com Simone Joyaux (EUA) conhecida como uma das líderes mais desafiantes, inspiradoras e provocadoras sobre este tema. Com uma experiência de mais de 40 anos a trabalhar com organizações não lucrativas, é especialista no desenvolvimento de processos de angariação de fundos, planeamento estratégico e governance.

Começando com uma sessão sobre a importância do storytelling nas comunicações com os doadores, o evento irá mostrar como a mudança de algumas palavras nas nossas comunicações pode fazer toda a diferença na taxa de resposta de uma campanha de comunicação e fundraising. E, no final do dia, irá mostrar como treinar os membros da direcção de uma organização a pedir cara-a-cara. Este é um tema sobre o qual temos muitas expectativas, pelas dificuldades que temos sentido ao longo dos últimos dez anos, especialmente entre os membros da direcção.

Os ingredientes base do fundraising são storytelling, estratégia digital, parcerias duradouras com empresas, saber pedir, envolvimento e avaliação de impacto

Trazemos vários casos práticos, com os quais sabemos que todos os participantes vão aprender muito, tanto pelo sucesso que tiveram, como pelos erros e o que nos vão mostrar sobre o que “não fazer”: Teremos o caso da Acreditar (fundraising para a nova casa do Porto), da NSPCC (National Society for the Prevention of Cruelty to Children – UK), as campanhas digitais da Associação Salvador e do Museu Nacional de Arte Antiga e, ainda, as campanhas de telemarketing da ACAPO e da Aministia Portugal.

Acreditando que para fazer crescer os resultados do fundraising em Portugal é necessário desenvolver a filantropia, teremos um painel com Pedro Santa-Clara, da Nova SBE (responsável pela campanha de fundraising do novo Campus), Ana Koeshall, responsável de fundraising de uma Fundação da Sérvia, Sofia Villax (membro do comité de mecenato e conselho de administração do Grupo Hovione) e Simone Joyaux. Acreditamos que esta sessão vai dar outcomes muito importantes que todos os participantes poderão aplicar logo no momento seguinte do seminário.

Por último, teremos uma sessão específica para o trabalho das universidades, escolas e politécnicos, com os Alumni, na perspectiva de desenvolverem o fundraising. Sabendo a importância que o mundo digital tem na comunicação e envolvimento com os Alumni, convidámos Magnus Bartt, da Suécia, que já trabalhou com o Karolinska Institute of Tecnhology, Hanken Business School e Aalton University, entre outros, com soluções de TI para a angariação de fundos e relações com os Alumni. Temos a certeza que a Universidade Católica (Lisboa e Porto), Nova SBE, St Julian’s, Universidade do Algarve, Universidade de Évora e outros participantes já inscritos, vão aprender muito e ter a oportunidade de terem resposta a muitos dos desafios que enfrentam.

Com este programa, garantimos à saída muita inspiração e motivação para quem trabalha com a missão de ajudar o próximo e tornar o nosso mundo melhor.

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta