As Jornadas Solidárias criaram um dia diferente dentro da Universidade Europeia, do IADE e do IPAM. Diferente porque de forma aberta, descomplexada e frontal se falou de deficiência, incapacidade, discriminação, vulnerabilidade, desigualdade e exclusão de homens, de mulheres, de crianças e de animais. Diferente porque mais de 30 instituições sociais sensibilizaram a nossa comunidade académica para as suas missões, e mais de 950 estudantes assistiram a 16 palestras inspiradoras, cujo impacto contribui para o objectivo que temos de formar cidadãos globais, responsáveis, com consciência cívica, social e ambiental
POR SUSANA MARTINS

O dia 7 de Novembro de 2017 foi um dia diferente na Universidade Europeia, no IADE-U.E. e no IPAM Lisboa e do Porto. Nos quatro Campus da Laureate em Portugal (Campus da Quinta do Bom Nome, de Santos, da Lispolis e do Porto), decorreram as primeiras Jornadas Solidárias – ARE YOU AWAKE?, uma iniciativa promovida no âmbito do Global Days of Service da Laureate International Universities, em que as 69 instituições da rede, presentes em todo o mundo, assinalam o seu compromisso de contribuir activamente para melhorar as condições de vida das comunidades onde se inserem.

As Jornadas Solidárias tiveram como objectivo principal criar um dia diferente dentro das nossas instituições, focado na importância do tema da Responsabilidade Social, durante o qual foram convidadas ao palco da universidade um conjunto de associações e instituições denominadas do Terceiro Sector, que proporcionaram à comunidade académica um conjunto de experiências que inspiraram estudantes e professores, desde acções culturais, de sensibilização e formação. O dia foi, de facto, diferente.

Diferente porque de forma aberta, descomplexada e frontal se falou de deficiência, incapacidade, discriminação, vulnerabilidade, desigualdade e exclusão de homens, de mulheres, de crianças e de animais.

Diferente porque mais de 30 instituições de cariz social marcaram presença e sensibilizaram a nossa comunidade académica para as suas respectivas missões, todas altamente ambiciosas, mas com o objectivo comum de criarem um mundo melhor, mais justo, equilibrado e sustentável.

A educação é, sem dúvida, o catalisador da mudança de paradigma para mudar mentalidades, atitudes e comportamentos

Diferente porque mais de 950 estudantes assistiram a 16 palestras inspiradoras, cujo impacto consideramos ser de grande valor e que, seguramente, irá contribuir para o objectivo que temos de formar cidadãos globais, responsáveis, com consciência cívica, social e ambiental.

Diferente porque assistimos a uma mobilização generalizada da nossa comunidade, entre estudantes, professores, associações de estudantes e elemento do staff, comprometidos em criar projectos para a comunidade e em fazer da universidade um espaço aberto e de apoio àqueles que, por um motivo ou por outro, se encontram num patamar de diferença ou de exclusão.

Diferente porque no fim, falou-se de respeito, inclusão, integração, sustentabilidade, liderança, diversidade e da possibilidade de juntos, criarmos um mundo diferente, mais tolerante ao outro, mais inclusivo, onde as mesmas oportunidades sejam dadas a todos e a todas, independentemente da sua condição social, física, do género, da raça, das crenças ou da religião.

No fim, aprendemos todos que a educação é, sem dúvida, o catalisador desta mudança de paradigma que tem que continuar a existir para mudar mentalidades, atitudes e comportamentos.

O nosso sincero obrigado a todas as organizações sociais e personalidades que participaram nas Jornadas Solidárias. O nosso sincero obrigado a todos os estudantes e docentes envolvidos na organização desta iniciativa.

Are you awake?

ARTIGOS RELACIONADOS

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta